20 de jan de 2015

Cerveja pode afastar risco de hipertensão

Cerveja pode afastar risco de hipertensão (Foto: Reprodução)

Quem antes colocava o vinho no pedestal das bebidas alcoólicas que contribuem para a manutenção da saúde cardíaca poderá adicionar um ingrediente ao cardápio. A novidade, porém, não é uma bebida rara ou pouco consumida, muito pelo contrário. A opção da vez é a cerveja.

As surpresas surgiram após recente estudo da Universidade de Barcelona, em parceria com o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri. Coordenada pela médica e PhD em Ciências Farmacêuticas, Rosa Lamuela, a pesquisa, que analisou o dia a dia de 1249 pessoas, entre mulheres e homens de até 57 anos, e constatou algumas novidades em relação ao consumo da bebida.

De acordo com os resultados, mulheres que consomem dois copos de cerveja por dia estão prevenindo o sistema cardíaco de hipertensão, acelerando o metabolismo — e assim dificultando o ganho de peso — e combatendo o diabetes. Para os homens, a quantidade aumenta para até três copos, pela diferença hormonal e de musculatura.

Além de todos estes ganhos, os pesquisadores afirmam que o consumo da bebida colabora na ingestão de vitaminas, ferro e cálcio — que protegem o sistema cardiovascular— além do ácido fólico, essencial para a formação de proteínas e hemoglobina.

(DOL, com informações do portal Donna)

About