27 de out de 2014

Simão Jatene é reeleito governador do Pará com 51,92%

Foto: Igor Mota (O Liberal)Foto: Igor Mota (O Liberal)

Após um pouco mais de três meses de campanha política e dois turnos de eleição, a população paraense optou pela continuidade do governo do PSDB. Simão Jatene é novamente o escolhido para governar o segundo maior estado brasileiro em extensão.

Durante coletiva à imprensa realizada na noite deste domingo (26) em seu comitê de campanha, Simão Jatene agradeceu muito ao povo do Pará pela vitória. 'Nesse segundo turno as pessoas entenderam e perceberam com quem estava a verdade, principalmente por ser apenas dois candidatos e não ter mais como mentir. Foi a vitória da decência sobre a velha política', disse o governador do Pará ao som de muitos aplausos.

Ainda de acordo com ele, a população pode esperar um governo ainda melhor e garantiu que o Estado ficará cada vez mais unido. Vamos dar continuidade a todas as obras, ampliar ainda mais o número de hospitais e os serviços que eles prestam a população, além de construir os centros de integração de governo, que atuarão como subsedes do governo em todas as regiões do Pará, unindo cada vez mais o Estado. 'O outro candidato quis criar um sentimento de ódio entre as regiões durante sua campanha, mas neste segundo turno a população mostrou que isso nunca aconteceu', disse Simão Jatene.

Foto: Carlos Fellip (ORM News)Foto: Carlos Fellip (ORM News)

Números

De acordo com os dados da apuração, divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, Jatene foi a opção de mais da metade da população paraense, atingindo cerca de 51,92% dos votos válidos, contra 48,08% obtidos pelo candidato Helder Barbalho (PMDB), que havia vencido no primeiro turno. O número de abstenções chegou a 25,22%, cerca de 4% a mais que o registrado no 1º turno, o que representa mais de 1 milhão e 300 mil eleitores.

As eleições no Estado foram acirradas. No primeiro turno, a diferença de votos entre os candidatos foi de um pouco mais de 50 mil votos. Helder Barbalho encerrou o turno em primeiro, seguido por Simão Jatene (PSDB) e Marco Carrera (PSOL). 

A totalização dos votos no Pará ocorreu por volta das 21h30 (horário local). Simão Jatene obteve 1.858.869 milhão de votos contra 1.721.479, uma diferença de 137.390 mil votos, mais que o dobro da diferença entre os dois candidatos no primeiro turno.

Dos mais de 5 milhões de eleitores aptos ao voto, 1.308.042 milhão não compareceram para votar, abstenção equivalente a cerca de 25%, número considerado altíssimo pelo TRE-Pará. 'Consideramos que pelo menos dois fatores possam ter contribuído para este número alto de abstenções no Pará. O primeiro pelo feriado prolongado, já que nesta segunda-feira é Recírio, e pelo desgaste normal que há em relação às eleições quando é necessária a realização do segundo turno', comentou Leonardo Tavares, desembargador do TRE Pará.

Biografia

Filho de imigrante libanês, Simão Robson Oliveira Jatene nasceu em 1949 em Belém, capital do Pará. Formado em Economia pela Universidade Federal do Pará, também tem mestrado pela Universidade Estadual de Campinas e, antes de entrar para a política, trabalhou como diretor musical e servidor público estadual.

Participou da fundação do PSDB em 1988 e antes de concorrer a um cargo eletivo foi Secretário de Estado de Planejamento pela primeira vez de 1983 a 1985 e entre 1995 e 1998. Sua primeira disputa a um cargo eletivo foi para o Governador do Pará em 2002, quando obteve uma vitória no segundo turno com 51,72% dos votos válidos e reeleito em 2010, quando disputou a preferência com Ana Júlia Carepa (PT).

ORM

About