30 de out de 2014

Projeto de agricultura capacita detentos para o mercado de trabalho

 
Cultura sazonal (plantio de feijão) e fabricação de ração para animais são as atividades do projeto de agropecuária “Lavoro”, que tem a participação de 10 internos da Colônia Agrícola Penal de Santa Izabel (CPASI). A iniciativa é resultado de um convênio entre a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), campus Castanhal, e visa a reinserção social dos detentos por meio do trabalho e capacitação em atividades agropecuárias.

Região Norte concentra 3.451 vagas

 
Segundo um levantamento realizado pelo DIÁRIO, a região Norte concentra 3.451 vagas em pelo menos 20 concursos públicos. O Pará disponibiliza 116 vagas em quatro concursos que estão em andamento, com destaque para o certame da Câmara de Vereadores do município de Salinópolis, nordeste do Estado, que oferta 99 vagas. As inscrições seguem abertas até o dia 7 de novembro, com salários que chegam a R$ 2 mil para todos os níveis de escolaridade.

29 de out de 2014

Morre menino que fez cidade antecipar o Natal


Os pais de Ethan Van Leuven, de 4 anos, anunciaram ontem (28) que o menino morreu. 
"A todos os nossos queridos amigos, nosso pequeno Ethan faleceu esta manhã às 10h20m", escreveu Merrill Van Leuven, pai de Ethan, no Facebook. "Ethan está em paz agora e não vai mais lutar contra a doença", acrescentou ele. 
Ethan sofria de um quadro grave de leucemia linfoblástica. Sua doença sensibilizou uma parte da cidade em que morava, West Jordan (Utah, EUA), que decidiu antecipar o Halloween e o Natal para que o menino tivesse uma alegria nos seus últimos dias.
Ethan passou o Dia das Bruxas fantasiado de Super-Homem e abriu presentes de Natal após se encontrar com o Papai Noel.
"Estamos gratos por ter tido a bênção de tê-lo conosco em sua curta vida e pelo impacto que ele era era capaz de causar em tantas pessoas", escreveu Jen, a mãe do menino, na rede social.

Celulares terão nove dígitos

Celulares terão nove dígitos (Foto: Divulgação)

A partir de domingo (2), o digito 9 deverá ser acrescentado nos atuais números de celular nos Estados do Pará (DDDs 91, 93 e 94), Amapá (DDD 96), Amazonas (DDDs 92 e 97), Maranhão (DDDs 98 e 99) e Roraima (DDD 95). A partir da mudança, os atuais números de telefones móveis passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx.

DISCAGEM

No momento da discagem, o número 9 deverá ser colocado primeiro por todos os usuários que façam ligações de telefone fixo e móvel destinados aos telefones celulares dos Estados do Pará Amapá, Amazonas, Maranhão e Roraima, independente do local de origem da chamada.
A mudança já está em vigor nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Nos demais Estados, a mudança deve ocorrer até o fim de 2016.
De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), até 11 de novembro as ligações feitas com oito dígitos ainda serão completadas, para adaptação das redes e dos usuários.

Gradualmente, haverá interceptações das chamadas e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período de transição, as chamadas com oito dígitos não serão mais completadas.
A medida foi uma decisão da Anatel, através da resolução nº 553, publicada em 14 de dezembro de 2010, para aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular do Brasil para atender a demanda de novos usuários e padronizar a numeração da telefonia. Conforme dados da Anatel, no Pará são 9.282.914 linhas habilitadas, com base em dados divulgados em agosto de 2014.

ORIENTAÇÕES

Os números dos telefones fixos também irão mudar?
Não. Apenas os usuários de telefonia celulares nos DDDs 91 a 99 terão o algarismo “9” adicionado a seus números. Os telefones fixos continuarão com 8 dígitos. Os telefones celulares de São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro já possuem o nono dígito.

O usuário de telefone fixo também terá de discar o nono dígito para chamadas a telefones celulares que ganharem o nono dígito?
Sim. Quem ligar de qualquer telefone - seja fixo ou móvel - para um telefone celular que tenha o nono dígito acrescentado terá de acrescentar o 9 antes do número antigo para que a ligação seja completada.

Como serão feitas as ligações de outros Estados para os telefones móveis das áreas que ganharam o nono dígito?
Da mesma forma como são feitas hoje, mas com a inclusão do nono dígito. Exemplo:
0 + Código da Operadora + Código de Área + 9XXXXXXXX.

As ligações serão completadas caso não seja incluído o 9?
As ligações com 8 dígitos ainda serão completadas em um determinado período para adaptação das redes e dos usuários. Gradualmente haverá interceptações e o usuário receberá mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período, as chamadas com 8 dígitos não serão mais completadas. As mensagens SMS e MMS não serão enviadas se forem usados 8 dígitos.
O que ocorrerá após o Dia D (dia que começará a mudança da numeração)?
Do dia 2 de novembro de 2014 ao dia 11 de novembro de 2014, as chamadas feitas usando 8 dígitos ainda serão completadas. A partir do dia 12 de novembro de 2014 até 9 de fevereiro de 2015, as chamadas começarão a ser interceptadas, deixando gradualmente de serem completadas, com o assinante recebendo uma mensagem orientando-o a usar a nova numeração. A partir de 10 de fevereiro de 2015, as chamadas feitas usando 8 dígitos para números dos DDDs que tenham ganhado o nono dígito ouvirão a mensagem de número inexistente sem qualquer orientação sobre a nova forma de marcação. (Anatel).

(Diário do Pará)

27 de out de 2014

São Miguel esporte clube é campeão da copinha sub 10 e sub 12


           No ritmo de aniversario da cidade de São Miguel do Guamá, que no próximo dia 31 completa 141 anos, na manha do último sábado, dia (25), a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer realizou no campo do São Miguel, o torneio das escolinhas de futebol nas categorias sub-10 e sub-12. A escolinha do São Miguel Esporte Clube sagrou-se campeã nas duas categorias e a escolinha do Boca Junior vice-campeã. O evento contou com o apoio da SEMJU - Secretaria Municipal de Juventude e da SEMED - Secretaria Municipal de Educação.  



Jogadores do Boca Junior - Vice Campeão.

Jogadores do São Miguel esporte Clube - Campeões

Simão Jatene é reeleito governador do Pará com 51,92%

Foto: Igor Mota (O Liberal)Foto: Igor Mota (O Liberal)

Após um pouco mais de três meses de campanha política e dois turnos de eleição, a população paraense optou pela continuidade do governo do PSDB. Simão Jatene é novamente o escolhido para governar o segundo maior estado brasileiro em extensão.

Durante coletiva à imprensa realizada na noite deste domingo (26) em seu comitê de campanha, Simão Jatene agradeceu muito ao povo do Pará pela vitória. 'Nesse segundo turno as pessoas entenderam e perceberam com quem estava a verdade, principalmente por ser apenas dois candidatos e não ter mais como mentir. Foi a vitória da decência sobre a velha política', disse o governador do Pará ao som de muitos aplausos.

Ainda de acordo com ele, a população pode esperar um governo ainda melhor e garantiu que o Estado ficará cada vez mais unido. Vamos dar continuidade a todas as obras, ampliar ainda mais o número de hospitais e os serviços que eles prestam a população, além de construir os centros de integração de governo, que atuarão como subsedes do governo em todas as regiões do Pará, unindo cada vez mais o Estado. 'O outro candidato quis criar um sentimento de ódio entre as regiões durante sua campanha, mas neste segundo turno a população mostrou que isso nunca aconteceu', disse Simão Jatene.

Foto: Carlos Fellip (ORM News)Foto: Carlos Fellip (ORM News)

Números

De acordo com os dados da apuração, divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, Jatene foi a opção de mais da metade da população paraense, atingindo cerca de 51,92% dos votos válidos, contra 48,08% obtidos pelo candidato Helder Barbalho (PMDB), que havia vencido no primeiro turno. O número de abstenções chegou a 25,22%, cerca de 4% a mais que o registrado no 1º turno, o que representa mais de 1 milhão e 300 mil eleitores.

As eleições no Estado foram acirradas. No primeiro turno, a diferença de votos entre os candidatos foi de um pouco mais de 50 mil votos. Helder Barbalho encerrou o turno em primeiro, seguido por Simão Jatene (PSDB) e Marco Carrera (PSOL). 

A totalização dos votos no Pará ocorreu por volta das 21h30 (horário local). Simão Jatene obteve 1.858.869 milhão de votos contra 1.721.479, uma diferença de 137.390 mil votos, mais que o dobro da diferença entre os dois candidatos no primeiro turno.

Dos mais de 5 milhões de eleitores aptos ao voto, 1.308.042 milhão não compareceram para votar, abstenção equivalente a cerca de 25%, número considerado altíssimo pelo TRE-Pará. 'Consideramos que pelo menos dois fatores possam ter contribuído para este número alto de abstenções no Pará. O primeiro pelo feriado prolongado, já que nesta segunda-feira é Recírio, e pelo desgaste normal que há em relação às eleições quando é necessária a realização do segundo turno', comentou Leonardo Tavares, desembargador do TRE Pará.

Biografia

Filho de imigrante libanês, Simão Robson Oliveira Jatene nasceu em 1949 em Belém, capital do Pará. Formado em Economia pela Universidade Federal do Pará, também tem mestrado pela Universidade Estadual de Campinas e, antes de entrar para a política, trabalhou como diretor musical e servidor público estadual.

Participou da fundação do PSDB em 1988 e antes de concorrer a um cargo eletivo foi Secretário de Estado de Planejamento pela primeira vez de 1983 a 1985 e entre 1995 e 1998. Sua primeira disputa a um cargo eletivo foi para o Governador do Pará em 2002, quando obteve uma vitória no segundo turno com 51,72% dos votos válidos e reeleito em 2010, quando disputou a preferência com Ana Júlia Carepa (PT).

ORM

Ministério da Saúde inscreve em vários níveis

Ministério da Saúde inscreve em vários níveis (Foto: Reprodução) 
 
Segue  até o dia 9 de novembro de 2014, o período de inscrições para o concurso do Ministério da Saúde, o qual oferta 743 vagas de nível médio e superior. Do total de chances, 558 são para lotação no Instituto Nacional de Câncer, 80 para Secretaria de Atenção da Saúde, 64 Secretaria de Atenção de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, e 41 para a Secretaria de Vigilância em Saúde. Serão 20% das vagas reservadas a negros e 5% para pessoas com deficiência.

24 de out de 2014

Aécio lidera com nove pontos de vantagem sobre Dilma

Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada a partir da terça-feira 21 reafirma a liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff nos últimos dias da disputa pela sucessão presidencial. Segundo o levantamento que entrevistou 2 mil eleitores de 24 Estados, o tucano soma 54,6% dos votos válidos, contra 45,4% obtidos pela presidenta Dilma Rousseff. Uma diferença de 9,2 pontos percentuais, o que equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos. A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda não decidiu em quem votar. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio conta com o apoio de 48,1% do eleitorado e a candidata do PT 40%.

De acordo com Guedes, a pesquisa realizada em cinco regiões do País e em 136 municípios revela que o índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff se mantém bastante elevado para quem disputa. 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, a taxa de rejeição pode indicar a capacidade de crescimento de cada um dos candidatos. Quanto maior a rejeição, menor a possibilidade de crescimento. Outro indicador apurado pela pesquisa Istoé/Sensus diz respeito á votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado. Nessa situação, Aécio também está à frente de Dilma, embora a petista esteja ocupando a Presidência da República desde janeiro de 2011. O tucano é citado espontaneamente por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. 0,2% citaram outros nomes e 12,8% disseram estar indecisos ou dispostos a votar em branco.

Para conquistar os indecisos as duas campanhas apostam as últimas fichas nos principais colégios eleitorais do País: São Paulo, Minas e Rio de Janeiro. O objetivo do PSDB e ampliar a vantagem obtida em São Paulo no primeiro turno e procurar virar o jogo em Minas e no Rio. Em São Paulo, Aécio intensificou a campanha de rua, com a participação constante do governador reeleito, Geraldo Alckmin, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De acordo com as pesquisas realizadas pelo comando da campanha de Aécio, em Minas o tucano já estaria na frente de Dilma e a vantagem veio aumentando dia a dia na última semana. Processo semelhante ocorreu em Pernambuco, depois de Aécio receber o apoio explícito da família de Eduardo Campos e do governador eleito, Paulo Câmara. Os mesmos levantamentos indicam que no Rio de Janeiro a candidatura do senador mineiro vem crescendo, mas ainda não ultrapassou a presidenta. Para reverter esse quadro, Aécio aposta no apoio de lideranças locais, basicamente de Romário, senador eleito pelo PSB, que deverá acompanhá-lo nos últimos atos de campanha. Para consolidar a liderança, Aécio tem usado os últimos programas no horário eleitoral gratuito para apresentar-se ao eleitor como o candidato da mudança contra o PT. Isso porque, as pesquisas internas mostram a maior parte do eleitor brasileiro se manifesta com o desejo de tirar o partido do governo.

No comando petista, embora não haja um consenso sobre qual a melhor opção a ser colocada em prática nos dois últimos dias de campanha, a ordem inicial é a de continuar a apostar na estratégia de desconstrução do adversário. Nas duas últimas semanas, o que se constatou é que, ao invés de usar parlamentares eleitos para esse tipo de ação – como costumava fazer o partido em eleições passadas -- os petistas escalaram suas principais lideranças para a missão, inclusive o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a própria candidata. Os petistas apostam no problema da falta d’água para tirar votos de Aécio em São Paulo e numa maior presença de Dilma em Minas para procurar se manter á frente do tucano no Estado.


PESQUISA ISTOÉ/Sensus

Realização – Sensus
Registro na Justiça Eleitoral – BR-01166/2014
Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 estados e 136 municípios do País
Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural
Campo – De 21 a 24 de outubro
Margem de erro - +/- 2,2%
Confiança – 95%.


Fonte: Isto É

Capa do mês


22 de out de 2014

Eleições no Pará

Tucanos, peemedebistas e petistas de maos dadas. E Tensos.


Tucanos, peemedebistas e petistas, quem diria, estão de mãos dadas.De mãos dadas, tentam esconder as tensões destes cinco dias que faltam para as eleições - tanto para governador do Pará como nacionalmente, para presidente da República.

O Espaço Aberto falou com três ou quatro peemedebistas e petistas. E com três ou quatro tucanos.
Para consumo externo, tucanos proclamam a plenos pulmões que Simão Jatene se reelegerá e Aécio Neves será o novo presidente da República. Da mesma forma os petistas (não todos, é claro) e peemedebistas, que apostam em Helder Barbalho e Dilma Rousseff. Mas em off, meus caros, a coisa é diferente.

Para consumo interno, muito interno, os mesmos tucanos, peemedebistas e petistas com quem o blog conversou estão completamente, como diríamos, ao sabor das expectativas. Não apostam em nada. Preferem não prever coisa nenhuma. Acham que tudo pode acontecer - inclusive nada. Mas será impossível nada acontecer nestas eleições, que têm tudo para ser as mais disputadas da história, desde a redemocratização do Brasil, no início dos anos 1980. 

Espaço Aberto

21 de out de 2014

Prefeitura de São Miguel do Guamá realiza serviço de terraplenagem




As máquinas da prefeitura de São Miguel do Guamá começaram o dia de hoje (21) fazendo zoada e acordando os moradores do bairro Padre Alberto Maria Trombine, mas tudo em favor das melhorias das ruas e levando comodidade ao transito dos munícipes. Varias frentes de trabalho estão transformando São Miguel do Guamá em um verdadeiro canteiro de obras, se tornando necessário para trazer melhorias para os moradores, ressaltou o prefeito Cacau. 
 

Monitorar no Whatsapp

Veja como usar o WhatsDog: app que monitora o WhatsApp de seus contatos

O mensageiro WhatsApp já exibe dentro das janelas de chat a última vez que um contato ficou online, mas a função pode parecer limitada demais para quem deseja monitorar algum amigo. Para esses casos, apps como o WhatsDog no Android são ideais, já que permitem até receber notificações quando a pessoa desejada ficar online no mensageiro. Veja as dicas de como usar.


Passo 1. Baixe o WhatsDog no TechTudo Downloads e instale o app. No primeiro acesso, toque em “Start” e escolha uma conta Google para atrelar ao app, caso haja mais de uma configurada no Android;

Ative o aplicativo e esoclha uma conta do Google para atrelar (Foto: Reprodução/Paulo Alves) 
Ative o aplicativo e esoclha uma conta do Google para atrelar (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 2. Escolha um contato da lista de pessoas cadastradas na sua agenda e que têm uma conta no WhatsApp. Se preferir, pode selecionar “By dial” e digitar o número manualmente. Depois de escolher a pessoa a ser monitorada, confirme na janela em "OK";

Escolha o contato ou digite manualmente (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Escolha o contato ou digite manualmente (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 3. WhatsDog é um aplicativo que precisa de tempo para mostrar resultados. Logo depois de configurá-lo pela primeira vez, nenhum dado será exibido na tela. Mas, não demora até que o app comece a exibir os horários exatos que o contato monitorado ficou online no WhatsApp.
Abra a notificação para obter mais detalhes e toque no ícone vermelho no canto superior direito para ir diretamente para o chat do WhatsApp;

Abra a notificação e acesse o WhatsApp via WhatsDog (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Abra a notificação e acesse o WhatsApp via WhatsDog (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 4. A primeira aba exibe um calendário para o usuário verificar o registro diário do contato vigiado. O app gera duas listas. Na segunda aba, os registros aparecem em sequência cronológica, e na terceira são organizados por dia, semana ou mês em acesso total e tempo online. Toque no ícone acima de cada coluna para navegar pelas informações;

Escolha o dia e veja os acessos do contato monitorado (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Escolha o dia e veja os acessos do contato monitorado (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 5. Nas configurações, é possível desativar a notificação de contato online, definitivamente ou temporariamente, assim como trocar o número de telefone a ser monitorado. Para isso, toque em “Erase data off”.

Apague os dados para trocar de número monitorado (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Apague os dados para trocar de número monitorado (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Pronto. Agora basta esperar para receber notificações sempre que o contato monitorado estiver online no WhatsApp e conferir o registro de entradas conforme ao longo do tempo de uso. Após o Passo 5, basta repetir o tutorial para passar a vigiar outro contato.

TECHTUDO

 

20 de out de 2014

Encontrada aranha que mede quase um tamnho de um cachorro

Maior aranha do mundo mede 30 centímetros e pode ter o peso de um filhote de cão

Cientista da Universidade de Harvard encontra raro exemplar de espécie de tarântula que vive em florestas tropicais



RIO - Um entomologista e fotógrafo do Museu de Zoologia Comparativa da Universidade de Harvard deu de cara com o maior pesadelo de muita gente enquanto fazia uma caminhada norturna por uma floresta tropical na Guiana: a maior aranha do mundo.

Vício pela internet e por eletrônicos é semelhante à dependência química

 (Thiago/Divulgação)Facebook, Instagram, Snapchat, WhatsApp, RPG, Candy Crush, Ask.fm, Secret… As tentações virtuais são diversas e surgem a uma velocidade difícil de acompanhar. Enquanto a maioria das pessoas faz uso moderado para se comunicar ou entreter, muitas caem na trama on-line e não conseguem se desconectar. O vício tecnológico é um problema sério, semelhante às dependências químicas, alertam especialistas. De acordo com psiquiatras e psicólogos que debateram o tema no congresso anual da Associação Brasileira de Psiquiatria, realizado na semana passada em Brasília, um agravante é que, diferentemente de álcool e drogas, esse ainda é um campo desconhecido.

O Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM), considerado a bíblia da psiquiatria, inclui a dependência em jogos eletrônicos na sessão III, indicando que ainda são necessários mais estudos a respeito. Já a fixação em redes sociais e mensagens instantâneas é um fenômeno tão novo que ainda não entra na classificação — oficialmente, o termo usado para diagnóstico é uso problemático das tecnologias.

Apesar de serem distúrbios recentes, os especialistas alertam que é preciso cada vez mais prestar atenção neles. “O ambiente do século 21 não tem precedentes. A gente não pode demonizar a tecnologia, a gente vai ter de aprender a lidar com ela”, diz o psiquiatra Gabriel Bronstein, chefe do Setor de Dependência Química e Outros Transtornos do Impulso da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro.

Para o psiquiatra da infância e adolescência Daniel Spritzer, fundador e coordenador do Grupo de Estudos sobre Adições Tecnológicas (Geat), a dependência precisa ser estudada e tratada de acordo com cada subtipo. “Será que usar a rede social é igual a ficar vendo vídeo no Youtube ou jogando o dia inteiro? Acho que é bem diferente”, observa. Ainda assim, no cotidiano dos consultórios, os especialistas que tratam dos diversos vícios virtuais — jogos, redes sociais, smartphones e pornografia on-line — destacam características comuns às adições tecnológicas e que também estão presentes nos pacientes de dependência química, como prejuízos sociais e à saúde, queda no rendimento, dificuldade de parar, fissuras, recaídas e comorbidades (doenças que se manifestam paralelamente ao quadro), entre outras.

http://www.correiobraziliense.com.br

Traficantes usam piscina olímpica

Traficantes ostentam fuzis dentro da piscina da vila olímpica de Honório Gurgel

Traficante dentro da favela da Lagartixa aponta fuzil para a Estrada de Botafogo
     
 Na Vila Olímpica Félix Mielli Venerando, em Honório Gurgel, quando a população não está usando as instalações para o lazer e a prática de esportes, o tráfico toma conta. E ainda registra a ousadia para postar nas redes sociais. Uma imagem, que faz parte de uma investigação da 39ª DP (Pavuna), mostra bandidos submersos ostentando três fuzis dentro da piscina da vila olímpica — inaugurada em 2012 para formar talentos para os Jogos de 2016. De acordo com agentes da distrital, os traficantes que aparecem na foto — feita há uma semana — são oriundos do Complexo da Pedreira e invadiram a Proença Rosa há duas semanas.

17 de out de 2014

Helder esconde o vice, Lira Maia, campeão de processos

Lira Maia também é acusado por irregularidades em 24 licitações para a compra de merenda escolar em 2000 no município de Santarém

A campanha chega ao fim e os eleitores de Belém e Ananindeua, que representam quase 30% do Pará, não conheceram o vice na chapa de Helder Barbalho (PMDB), o multiprocessado deputado federal Joaquim de Lira Maia, ex-prefeito de Santarém de 1997 a 2004. Helder esconde Lira Maia em seus programas eleitorais - e até em comícios - por três motivos.
Primeiro, porque Lira Maia é um dos campeões em investigação no Supremo Tribunal Federal (STF) – foro privilegiado para processar parlamentares federais – e alvo processos amplamente divulgados nos meios de comunicação do Estado e nacionais, além de blogs.
Segundo, porque Lira Maia é presidente da Frente Pró-Criação do Estado do Tapajós e autor do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que define a realização de um novo plebiscito para dividir o Pará, mas desta vez ouvindo apenas os eleitores das regiões que querem se separar.

É isso mesmo: pela PEC de Lira Maia, num futuro e hipotético plebiscito, os eleitores de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Castanhal, Capanema, Bragança, enfim – de todos os municípios da região nordeste e do baixo Tocantins seriam excluídos sumariamente da votação.
Terceiro, porque Joaquim de Lira Maia é presidente regional do DEM, partido que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu, em discurso, que deveria ser eliminado da vida política brasileira. Veja no quadro um resumo dos processos de Lira Maia.
São acusações que envolvem o vice de Helder Barbalho em crimes eleitorais, peculato, crime contra o trabalho, contra a administração pública e de responsabilidade.
No Tribunal Regional Federal da Primeira Região, Joaquim de Lira Maia também é réu nos Processo 2000.39.02.001820-0 e 2002.39.02.001294-0 por improbidade administrativa. Os autores do processo são o Ministério Público Federal, a União e a Prefeitura de Santarém.
Lira Maia também é acusado por irregularidades em 24 licitações para a compra de merenda escolar em 2000 no município de Santarém, onde foi prefeito – como Helder foi em Ananindeua - durante oito anos.
ORM

16 de out de 2014

Veja quem são os pacientes com ebola tratados fora da África



Só os Estados Unidos já trataram oito pacientes com ebola.
Na Europa, foram ao menos nove pacientes.

 

A pior epidemia de ebola já registrada já matou quase 4,5 mil pessoas, de um total de quase 9 mil infectados. A maior parte dos pacientes se concentram em três países da África Ocidental: Serra Leoa, Guiné e Libéria. Mas, desde julho, vários pacientes têm sido levados para outros continentes para receberem tratamento.

Até o momento, oito casos de ebola foram tratados nos Estados Unidos. Duas enfermeiras, que contraíram a infecção em território americano, permanecem internadas. Na Europa, ao menos nove pacientes receberam tratamento. Um deles, a enfermeira espanhola Teresa Romero, foi infectada em Madri, enquanto os demais casos foram importados.

Esses três casos de profissionais da saúde que foram infectadas pela doença fora da África têm levantado o debate sobre o preparo das instituições para receber pacientes com ebola. As duas enfermeiras americanas tiveram contato com o liberiano Thomas Eric Duncan, que começou a manifestar os sintomas da doença em Dallas e foi atendido pelo Hospital Texas Health Presbyterian. Já a enfermeira espanhola ajudou a cuidar dos dois padres espanhóis que morreram de ebola em Madri, depois de terem contraído a doença na Libéria e em Serra Leoa.

Veja, abaixo, detalhes sobre os pacientes com ebola tratados fora da África até o momento.


O médico americano Kent Brantly, que foi infectado pelo ebola na Libéria, em foto sem data (Foto: Joni Byker / SAMARITAN'S PURSE / AFP) 
 
Kent Brantly, 33 anos
 
O médico missionário americano, ligado à organização humanitária cristã Samaritan’s Purse, também foi infectado em julho enquanto trabalhava em um hospital na Libéria. Assim como Nancy, foi levado para os EUA depois do diagnóstico e tratado no Hospital Universitário de Emory, onde recebeu a droga experimental ZMapp. Ele teve alta em 21 de agosto.

 Rick Sacra foi infectado por ebola em um hospital na Libéria  (Foto: Reuters/SIM/Handout via Reuters) 
 
Rick Sacra, 51 anos
 
O medico missionário americano de Boston foi infectado enquanto trabalhava em um hospital na Libéria para tratar mulheres grávidas doentes e realizar partos. Ligado à organização humanitária cristã SIM USA, ele foi levado para os EUA no dia 5 de setembro, depois do diagnóstico, e foi tratado no Nebraska Medical Center, na cidade de Omaha. Ele foi tratado com a droga experimental TKM-Ebola e recebeu transfusão de sangue de seus colegas que já tinham sido curados de ebola nos EUA e teve alta no fim do mês. No início de outubro, ele foi internado novamente com sintomas respiratórios, mas se recuperou. 

Paciente não identificado

Um americano não identificado que contraiu ebola em Serra Leoa foi tratado no Hospital Universitário de Emory, em Atlanta, a partir do dia 9 de setembro. Em uma declaração divulgada na época, o paciente afirmou que estava se recuperando e esperava ser liberado do hospital em breve. Ele disse que queria manter sua identidade em sigilo.


 Thomas Eric Duncan apresentou sintomas de ebola em Dallas e morreu (Foto: AP Photo/Wilmot Chayee) 
 
Thomas Eric Duncan apresentou sintomas de ebola
em Dallas e morreu (Foto: AP Photo/Wilmot Chayee)
Thomas Eric Duncan, 45 anos

O liberiano estava visitando Dallas quando começou a se sentir mal e buscou tratamento no Hospital Texas Health Presbyterian, em 25 de setembro. Ele foi inicialmente mandado para casa com antibióticos, apesar de ter dito à enfermeira que tinha acabado de chegar da Libéria. Em 28 de setembro, ele voltou ao mesmo hospital de ambulância. Ele morreu na área de isolamento da instituição depois de 11 dias.


O americano Ashoka Mukpo, de 33 anos, foi infectado com ebola na Libéria (Foto: Reprodução/Twitter/Ashoka Mukpo) 
 
Ashoka Mukpo, de 33 anos, foi infectado com ebola
na Libéria (Foto: Reprodução/Twitter/Ashoka Mukpo)
Ashoka Mukpo, 33 anos

O cinegrafista americano freelancer que trabalhava para a rede NBC News na Libéria, quando foi diagnosticado. Ele foi levado para os EUA para ser tratado no Nebraska Medical Center. Seu estado de saúde continua melhorando. Ele foi tratado com a droga experimental brincidofovir, do laboratório Chimerix. A equipe que trabalhava com ele voltou aos EUA e foi colocada em quarentena depois de violar um acordo para permanecerem isolados voluntariamente.


Jornalista de emissora local divulgou foto da jovem fornecida pela sua família (Foto: Reprodução/Twitter/@carolynmungo) 
 
Nina Pham foi diagnosticada no dia 12 de outubro
(Foto: Reprodução/Twitter/@carolynmungo)
Nina Pham, 26 anos

A enfermeira americana do Hospital Texas Health Presbyterian ajudou a tratar o liberiano Thomas Eric Duncan. A instituição anunciou em 12 de outubro que ela tinha sido infectada com o vírus e, dois dias depois, que ela estava em bom estado de saúde.




Imagem de Amber Vinson publicada no Twitter por jornalista da CNN, divulgada pela autoridade escolar de Akron, em Ohio (Foto: Reprodução/Twitter/MarlenaCNN) 
 
Amber Vinson foi diagnósticada em 15 de outubro
(Foto: Reprodução/Twitter/MarlenaCNN)
Amber Vinson, 29 anos

Ela foi a segunda enfermeira do Hospital Texas Health Presbyterian a ser diagnosticada com a doença. A instituição anunciou seu diagnóstico nesta quarta-feira (15). Um agravante foi o fato de que ela voou de Ohio para Dallas no dia anterior ao início dos sintomas, o que fez com que todos os passageiros do voo fossem contatados. Ela foi transferida para o Hospital Universitário de Emory, em Atlanta, ainda nesta quarta-feira.

Na Europa
 
Ao menos nove pacientes receberam tratamento para ebola na Espanha, Inglaterra, França, Noruega e Alemanha. Veja quem são os pacientes:


O missionário espanhol Miguel Pajares, infectado com o vírus ebola na Libéria, retornou nesta quinta-feira (7) a Madri, a bordo de um avião militar, e se tornou o primeiro paciente da doença a ser repatriado para a Europa. (Foto: Ignacio Gil-ABC/Reuters) 
 
Miguel Pajares foi infectado na Libéria e foi levado para a Espanha (Foto: Ignacio Gil-ABC/Reuters)Miguel Pajares, 75 anos

O missionário espanhol Miguel Pajares, contraiu a doença no hospital Saint Joseph de Monróvia, onde trabalhava na Libéria para uma organização. O padre chegou à Espanha no dia 7 de agosto já muito debilitado e morreu no dia 12. O hospital onde trabalhou na Libéria é vinculado à ordem religiosa de São João de Deus. Pajares chegou a ser tratado com a droga experimental ZMapp


Foto de arquivo do missionário Manuel Garcia Viejo com um paciente no hospital San Juan de Dios em Lusar, Serra Leoa; espanhol repatriado após infecção por ebola morreu nesta quinta (25) (Foto: AFP Photo/HO/Juan Ciudad ONG) 
 
Missionário Manuel Garcia Viejo foi tratado em
Madri (Foto: AFP Photo/HO/Juan Ciudad ONG)
Manuel García Viejo, 69 anos

O padre e missionário católico espanhol contraiu ebola em Serra Leoa e foi transportado para a Espanha em 22 de setembro. Mas não resistiu e morreu logo depois, em 25 de setembro, depois de ser atendido no Hospital La Paz, de Madri. Ele também foi tratado com a droga experimental ZMapp.



Profissionais da saúde usando roupa protetora trabalham em ala de isolamento do Hospital Carlos III, onde Teresa está internada  (Foto: AFP photo/Pedro Armestre) 
Profissionais da saúde usando roupa protetora
trabalham em ala de isolamento do Hospital Carlos III
onde Teresa está (Foto: AFP photo/Pedro Armestre)
Teresa Romero, 44 anos

A enfermeira espanhola ajudou a tratar dos dois padres missionários que morreram de ebola na espanha e foi a primeira pessoa infectada pela doença fora da África nesta epidemia. Atualmente, ela está em condição estável e há sinais de esperança de uma recuperação. Ela está internada Hospital Carlos III de Madri.



Enfermeiro britânico William Pooley, que se curou do ebola, vai doar sangue a americano infectado (Foto: Reprodução/GNews) 
 
William Pooley foi tratado na Inglaterra
(Foto: Reprodução/GNews)
William Pooley, 29 anos

O enfermeiro britânico William Pooley foi infectado enquanto trabalhava em Serra Leoa em uma ONG, onde participava da vigilância, busca de contatos e enterro das vítimas de ebola. Depois do diagnóstico, foi levado para a Inglaterra em 26 de agosto e foi tratado no Hospital Royal Free. Pooley foi um dos que recebeu a droga experimental ZMapp. Depois de ter alta, chegou a viajar para os EUA para doar sangue para um dos americanos infectados.

Enfermeira estava internada em hospital militar em Saint-Mande (Foto: Charles Platiau/Reuters) 
 
Enfermeira estava internada em hospital militar
em Saint-Mande (Foto: Charles Platiau/Reuters)
Enfermeira francesa não identificada

Uma enfermeira voluntária francesa ligada à organização Médicos sem Fronterias (MSF) que não teve sua identidade divulgada foi infectada por ebola enquanto trabalhava em um hospital da Libéria. Ela foi levada para a França no mês passado e tratada em um hospital militar perto de Paris. Depois de receber uma série de tratamentos experimentais, ela se curou e teve alta no dia 4 de outubro.



Pessoa em roupa especial é vista em ambulância na entrada do hospital Eppendorf, em Hamburgo, na Alemanha, nesta quarta-feira (27), enquanto levava um médico infectado pelo ebola em Serra Leoa para tratamento no local (Foto: dpa,Georg Wendt/AP) 
 
Senegalês foi tratado no Hospital Universitário
Hamburgo-Eppendorf (Foto: dpa,Georg Wendt/AP)
Médico senegalês não identificado

Um especialista senegalês da Organização Mundial da Saúde (OMS) que não teve seu nome divulgado foi infectado por ebola em Serra Leoa e levado para Hamburgo, na Alemanha, em 27 de agosto. Ele foi tratado no  Hospital Universitário de Hamburgo-Eppendorf (UKE), especializado em doenças infecciosas, foi curado e teve alta.




Ambulância com paciente contaminado por ebola chega a hospital de Frankfurt, na Alemanha, para tratamento (Foto: Boris Roessler/DPA/AFP) 
 
Ambulância com médico infectado chega a hospital
de Frankfurt (Foto: Boris Roessler/DPA/AFP)
Médico ugandense não identificado

O médico ugandense contraiu ebola em Serra Leoa e foi levado a Frankfurt, na Alemanha, em 3 de outubro, para ser tratado no Hospital Universitário de Frankfurt. Ele trabalha para uma ONG italiana e cuidou de pacientes com a doença na África. Ele permanece em tratamento.
 


Clínica St. Georg, em Leipzig, onde médico sudanês ficou internado  (Foto: AFP Photo/DPA/Jan Woitas) 
 
Clínica St. Georg, em Leipzig, onde médico sudanês
ficou internado (Foto: AFP Photo/DPA/Jan Woitas)
Médico sudanês não identificado

O médico e funcionário da ONU de 56 anos, que não teve o nome divulgado, foi infectado na Libéria. Depois do diagnóstico, ele foi levado para a Alemanha em 9 de outubro e ficou internado na Clínica St. Georg, em Leipzig, que tem instalações especializadas para receber esse tipo de caso. O homem não resistiu e morreu no dia 14 de outubro.



Médica norueguesa chega a Hospital Universitário Ullval, em Oslo (Foto:  AFP Photo/Terje Pedersen/NTB scanpix) 
 
Médica norueguesa chega a Hospital Universitário em
Oslo (Foto: AFP Photo/Terje Pedersen/NTB scanpix)
Médica norueguesa não identificada

A médica norueguesa da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) foi contaminada com o vírus ebola em Serra Leoa, onde trabalhava em uma missão humanitária, e foi repatriada à Noruega nesta em 6 de outubro. Ela permanece em tratamento no Hospital Universitário Ullval, em Oslo.
veja também
 
G1
 

15 de out de 2014

Segurança Publica em São Miguel do Guamá

 

O CONSEG - Conselho de Segurança Publica de São Miguel do Guamá em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Publica, realizará o I Fórum de Debates sobre Segurança Publica de São Miguel do Guamá. O evento contará com a presença de representantes da Policia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiro e demais órgãos de Segurança Publica. 


Local: Câmara Municipal de Vereadores
Horário: 19h
Dia: 16 de Outubro

14 de out de 2014

Jovem de Santa Catarina vai representar o Brasil no 1º Fórum Global sobre Políticas de Juventude

imageA seleção aconteceu, via chamada pública, em setembro deste ano e contou com a participação de vários jovens. O selecionado foi Eduardo Zanatta de Carvalho, de Balneário Camboriú/SC. Formado em Relações Internacionais pela Universidade do Vale do Itajaí, Eduardo é integrante do Conselho Municipal de Juventude de Balneário e participa principalmente de projetos de educação voltados para jovens migrantes do Haiti e Gana.

Cresce o número de milionários nas Assembleias Legislativas do país



Milionários - estaduais 
O número de deputados estaduais milionários cresce a cada eleição. Levantamento feito pelo G1 com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que 375 políticos eleitos para as Assembleias Legislativas declaram um patrimônio superior a R$ 1 milhão, mais de um terço do total.

Nas eleições passadas, eram 297 parlamentares milionários; em 2006, 205.

O patrimônio médio dos eleitos também é maior hoje: R$ 1,446 milhão (contra 1,039 milhão em 2010). Apesar disso, há 55 deputados que declaram não ter bem algum em seus nomes.

O deputado estadual mais rico do país é o empresário Zeca Viana (PDT-MT). Ele declara possuir R$ 87 milhões em bens, entre fazendas, terrenos, veículos diversos e quotas de aeronaves.

Bancadas

Entre os partidos, o que mais tem milionários é o PMDB: 67. Logo depois vem o PSDB, com 43. O DEM, com 32, o PDT, com 27, e o PSD e o PT, com 24, o PP, com 20, o PR, com 18, e o PTB e o PSB, com 17, completam a lista dos dez mais.


Por estado

São Paulo e Minas Gerais concentram o maior número de milionários: 39 cada um. Bahia contará com 27, o Rio de Janeiro, com 23, e o Paraná, com 22.

Em 2015, o PMDB ocupará o maior número de cadeiras no país. 

Por Rosanne D'Agostino e Thiago Reis

11 de out de 2014

Internautas não perdoam erro de Thiaguinho

Internautas não perdoam erro de Thiaguinho (Foto: Reprodução/Instagram)

O cantor Thiaguinho veio a Belém fazer um show nesta sexta-feira (10) e postou uma foto ao lado da imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Entretanto, um erro bastou para que os seguidores do cantor na rede social não perdoassem.
“Que seja mais uma noite abençoada. Viva o Sírio”, escreveu o cantor sobre o Círio, na legenda, para que fosse logo criticado.
Erro de cantor não foi perdoada por internautas (Foto: reprodução)
“Os sirios x palestinos”, brincou o internauta Bruno Cmps. Já para Fernando Henrique Costa, o cantor estava se referido ao “Sírio de Nazaré Tedesco”.
Já outros internautas o defenderam dizendo que foi erro do corretor ortográfico.
(DOL)

9 de out de 2014

Alimentos puxam inflação para cima e governo sugere troca da carne pelo frango

 


Sentar-se à mesa para comer, seja em casa ou em um restaurante, está ficando cada vez mais caro. É o que mostram os dados da inflação oficial (o IPCA), divulgados nesta quarta-feira (8) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Com o grande impacto das carnes no índice do mês passado, o governo sugeriu a troca do alimento pelo frango, ovos e outras aves.

7 de out de 2014

Três pessoas são hospitalizadas na Espanha

Três pessoas, além de uma enfermeira contaminada pelo ebola, foram hospitalizadas na Espanha e estão sendo monitoradas sob suspeita de contágio, disseram as autoridades de saúde do país nesta terça-feira (7).

About