30 de set de 2014

Aneel aprova procedimentos para aplicar bandeiras tarifárias em 2015

 
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (30) os procedimentos comerciais para aplicação a partir de 2015 das bandeiras tarifárias, sistema pelo qual os consumidores saberão com antecedência, na fatura de energia, se o custo da eletricidade estará maior ou menor no mês seguinte, em função das condições da geração de energia no país.

Cientistas criam dispositivo que funciona como 'capa da invisibilidade'

Método de americanos utiliza lentes que fazem objetos desaparecerem. Experimento ajudaria a evitar pontos cegos que atrapalham motoristas.

A imagem mostra o estudante Joseph Choi demonstrando o funcionamento das lentes que deixam qualquer coisa invisível (Foto: J. Adam Fenster/University of Rochester/Reuters)

Atenção, Harry Potter, você pode não ser o único a ter uma capa da invisibilidade. Cientistas da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, descobriram uma maneira de esconder grandes objetos com a ajuda de lentes, uma tecnologia que parece ter surgido das páginas da série de fantasia Harry Potter, da autora britânica J. K. Rowling.

Os pesquisadores americanos utilizaram lentes baratas e prontamente disponíveis para fazer um objeto desaparecer da visão de quem enxerga por elas, enquanto tudo que está ao seu redor continua normal. O método foi chamado de “Capa de Rochester”, apesar de não ser bem uma capa.

O dispositivo se parece com um equipamento utilizado por um optometrista. Quando um objeto é colocado por trás das quatro lentes, ele pode desaparecer.
“Pelo que nós sabemos, esse é primeiro dispositivo de camuflagem tridimensional e multidirecional”, explica Joseph Choi, estudante de graduação que ajudou a desenvolver o método.

Durante o experimento, o grupo usou uma mão, um rosto e uma régua. Cada um desses “itens” se tornou invisível através das lentes. De acordo com o Choi, a técnica pode ser aplicada em várias áreas, incluindo na medicina, nas Forças Armadas e na execução de obras de arte.
Uma das aplicações práticas, por exemplo, seria evitar os pontos cegos que atrapalham os motoristas. O dispositivo custou pouco mais de US$ 1.000 e, segundo seus desenvolvedores, pode custar ainda mais barato.

O método foi chamado de "capa de Rochester", uma alusão à capa da invisibilidade descrita na história de Harry Potter (Foto: J. Adam Fenster/University of Rochester/Reuters) 
O método foi chamado de "capa de Rochester", uma alusão à capa da invisibilidade descrita na história de Harry Potter (Foto: J. Adam Fenster/University of Rochester/Reuters)
 
O dispositivo de camuflagem utiliza quatro lentes e foi desenvolvido na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos (Foto: J. Adam Fenster/University of Rochester/Reuters) 
O dispositivo de camuflagem utiliza quatro lentes e foi desenvolvido na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos (Foto: J. Adam Fenster/University of Rochester/Reuters)

 G1

Eleições 2014

Eleições 2014: disputa pode acabar no 1º turno em até 14 estados

SÃO PAULO - Em até 14 dos 27 estados, a eleição para governador pode ser decidida no primeiro turno, segundo as últimas pesquisas Ibope e Datafolha. O PMDB lidera essa lista, com a possibilidade de eleger, ainda no primeiro turno, cinco governadores – em Alagoas, Amazonas, Espírito Santo, Sergipe e Tocantins. Em segundo lugar, vem o PSDB, que pode eleger três governadores no primeiro turno – Paraná, São Paulo e Paraíba. O PT vem em terceiro, com a perspectiva de eleger no primeiro turno os governadores de Minas Gerais e Piauí. Com um governador cada estão PSD (Santa Catarina), PDT (Mato Grosso), PCdoB (Maranhão) e DEM (Bahia).

26 de set de 2014

Doleiro delata mais políticos envolvidos em corrupção

Na primeira conversa que teve com investigadores da Operação Lava-Jato depois de fazer acordo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef abriu o jogo e confessou ter feito caixa dois, movimentação não declarada de dinheiro, para o PP (Partido Progressista). Numa demonstração de que está mesmo disposto a colaborar com a Justiça, Youssef citou nomes já delatados pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e fez referências a outros políticos que não teriam sido mencionados até o momento no escândalo da Operação Lava-Jato, segundo revelou ao GLOBO um dos investigadores.

Foto: Geraldo Magela/Agência SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado

DEPOIMENTO SEGUNDA

Youssef denunciou fraudes e indicou os supostos envolvidos na Petrobras e em outras áreas da administração pública ao acertar as cláusulas do acordo de delação premiada assinado com o Ministério Público Federal, na quarta-feira. A série de depoimentos formais da delação só começa na próxima segunda-feira.

No primeiro encontro com a força-tarefa do MP, o doleiro fez uma explanação geral das irregularidades que pode denunciar e mencionou nomes de políticos, operadores de alguns partidos (e não apenas do PP), e contratos supostamente fraudados.

A base do acordo é a produtividade. Quanto maior o volume de informações seguras oferecidas pelo doleiro, maior será a redução de suas futuras punições. Parte das informações fornecidas pelo doleiro coincide com relatos de Paulo Roberto Costa. Pelas investigações do Ministério Público Federal e da PF, os dois fizeram vários negócios em conjunto. Costa fazia a intermediação dos contratos. Youssef se encarregava da lavagem do dinheiro. Mas já está claro para os investigadores que eles tinham também negócios em separado.

Ao final da série de depoimentos, os investigadores deverão confrontar as informações do doleiro e do ex-diretor. Se for necessário, os dois serão submetidos a uma acareação. Youssef prometeu também apresentar provas ou, em alguns casos, indicar como cada informação poderia ser checada. O doleiro decidiu fazer acordo de delação depois de passar seis meses preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. Segundo advogados, Youssef não suportou a pressão da família.

Ele também se viu sem saída depois que Costa e pelo menos mais quatro outros cúmplices decidiram colaborar com a Justiça e contar detalhes dos negócios dele. Entre os colaboradores que entregaram parte dos segredos do doleiro está a contadora Meire Poza e o advogado Carlos Alberto Pereira, ex-administrador da GFD Investimentos, uma das principais empresas de Youssef.

— Ele estava cercado de delatores — disse o advogado Antônio Figueiredo Basto, ao explicar a decisão de Youssef pelo acordo de delação premiada.

MP PEDE CONDENAÇÃO DE 8 REÚS

Na quinta-feira, o Ministério Público Federal pediu a aplicação de uma pena de 47 anos e 15 dias de prisão para a doleira Nelma Kodama, parceira de Youssef. Foi o primeiro processo da Operação Lava-Jato que chegou na fase de alegações finais. Os procuradores pediram a condenação de oito réus. Luccas Pace Júnior está entre eles, mas, como foi o primeiro delator a ter a colaboração homologada pela Justiça, o MP pede que sua eventual pena seja cumprida em regime aberto.

Nelma era uma das operadoras de câmbio negro do esquema desmontado pela Polícia Federal. Ela foi presa na véspera da operação com 200 mil euros na calcinha tentando embarcar no aeroporto de Guarulhos (SP) rumo a Milão, na Itália.

25 de set de 2014

Jornal britânico diz que Brasil vive 'estagno-aperto'

Foto: Reprodução (Financial Times)Foto: Reprodução (Financial Times)O termo “estagflação” é usado por economistas para definir um cenário indesejado por qualquer país, a combinação entre crescimento baixo e inflação alta. Enquanto economistas divergem ao debater se o Brasil já se encontra nesta situação, o jornal britânico “Financial Times” criou uma nova expressão para caracterizar a economia do país: o estagno-aperto ou estagno-espremida, traduções livres para “stagno-squeeze”, uma referência à decisão do governo de sacar R$ 3,5 bilhões do Fundo Soberano para fechar a meta fiscal do ano.

Raimundo Belo ganha no TSE





Depois de muita angustia por parte dos correligionários de Raimundo Belo, candidato a deputado estadual por Capitão Poço, hoje o TSE deferiu sua candidatura e o mesmo está apto a ser votado.












RECURSO ESPECIAL ELEITORAL Nº 900-96.2014.6.14.0000 - CLASSE 32 - BELÉM - PARÁ



Relator: Ministro Gilmar Mendes

Recorrente: Jose Raimundo de Oliveira

Advogados: José Eduardo Rangel de Alckmin e outros


Eleições 2014. Deputado estadual. Registro de candidatura indeferido. Ausência de documentos obrigatórios. Documentação apresentada com os embargos de declaração. Oposição de segundos embargos. Caráter protelatório. Imposição de multa. Recurso especial. Possibilidade de juntada de documentos no TRE. Recurso provido. 1. Toda limitação legal ao direito de sufrágio passivo, isto é, qualquer restrição legal à elegibilidade do cidadão, constitui limitação da igualdade de oportunidades na competição, de modo que se deve prestigiar, em detrimento de amarras de caráter formal, o exercício de direitos fundamentais. 2. Admite-se, nos processos de registro de candidatura, a apresentação de documentos até a instância ordinária ainda que tenha sido anteriormente oportunizado ao requerente suprir a omissão. 3. Com base na compreensão do direito constitucional à elegibilidade, não viola o devido processo legal oportunizar ao candidato a juntada de documento no âmbito do TRE. No concurso eleitoral a disputa é pelo voto da população, motivo pelo qual não há prejuízo entre os competidores. 4. Recurso especial provido. Afastado o caráter protelatório dos segundos embargos, anulada a multa e determinado o retorno dos autos ao Regional para que analise os documentos apresentados com os declaratórios.

DECISÃO

TRE analisa denúncia de fraude em pesquisa Ibope

A denúncia sobre os indícios de fraudes na pesquisa eleitoral de número 00026/2014-TRE, feita pelo Ibope e divulgada no último dia 13, para verificar a disputa ao governo do Estado, já foi formalizada pela advogada Ângela Serra Sales, da coligação ‘Todos pelo Pará’, que apurou diversas irregularidades cometidas pelo instituto.

24 de set de 2014

Brasil é o primeiro no ranking da derrubada de florestas

Embora as taxas de desmatamento da Amazônia sejam as mais baixas da História, a derrubada aumentou 29% no ano passado e, diferentemente do que informou a presidente Dilma, dados registrados diariamente pelos satélites do Inpe já indicam uma tendência de continuidade do aumento este ano. Com uma taxa anual de desmatamento na Amazônia de 5.891 km², o Brasil é o primeiro do ranking mundial no desmatamento de florestas tropicais. O desmatamento de florestas nativas continua a ser a principal fonte das emissões de gases estufa no país.
Ambientalistas apontam que o problema no Cerrado, onde está concentrado o agronegócio, é ainda mais grave. Nesse bioma que engloba todo o Brasil central, o desmatamento não é monitorado, embora o ex-presidente Lula tenha assinado, em setembro de 2010, um decreto se comprometendo em mapear anualmente o desflorestamento no bioma. O último dado oficial é de 2009, mas a estimativa é que entre 14.000 km² e 8.000 km² de mata nativa sejam ceifadas todos os anos no Cerrado. Além de Amazônia e Cerrado, o Brasil conta com outros quatro biomas: Caatinga, Pampa, Mata Atlântica e Pantanal. Nenhum tem o desmatamento monitorado regularmente.

O secretário do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, Luiz Pinguelli Rosa, afirma que o Brasil caminha para cumprir a meta com que se comprometeu, ainda no governo Lula: reduzir entre 36% e 39% as emissões projetadas para 2020. O esforço representaria 1 bilhão de toneladas de CO2 a menos emitidas na atmosfera.
Ele diz, no entanto, que na área energética as metas nacionais devem ser afetadas por dois fatores: a redução do uso do etanol (neutro em carbono) em comparação com a gasolina e o aumento da geração de energia por meio de usinas térmicas, em detrimento das hidrelétricas. As térmicas são as mais poluentes de todas as fontes energéticas.
ORM

23 de set de 2014

Veja como são feitas pesquisas eleitorais

Veja como são feitas pesquisas eleitorais (Foto: Agência Brasil/Arquivo)

Divulgadas durante períodos eleitorais em todo o mundo, as pesquisas de intenção de voto costumam impulsionar campanhas e influenciar eleitores. Feitas por institutos de pesquisas de opinião pública (como Ibope, Datafolha e Vox Populi) a pedido de veículos de comunicação ou entidades representativas (como as confederações nacionais da Indústria e de Transportes), as pequisas no Brasil precisam ser registradas na Justiça Eleitoral para serem divulgadas.
Para muitos dos eleitores, pode ficar a dúvida: como são feitas as pesquisas de intenção de voto nas eleições presidenciais no país? Geralmente, envolvem entrevistas a algumas centenas de pessoas. O número varia de acordo com o instituto e com o cliente que encomendou o trabalho. 
Em geral, os números são pequenos em relação ao universo eleitoral brasileiro de quase 143 milhões de pessoas, mas os institutos de pesquisa garantem que são suficientes para representar os eleitores do país e retratar, considerando-se as margens de erros e os intervalos de confiança, as intenções de voto dos brasileiros.

Trabalho estratégico

O segredo, explicam os institutos, está na escolha dessa amostra, que não tem nada de aleatória. Trata-se de um trabalho estatístico que busca dividir o eleitorado de acordo com critérios como sexo, idade, escolaridade, ocupação e espaço geográfico. O pressuposto é que eleitores com características semelhantes tendem a ter a mesma preferência política.
O Vox Populi, por exemplo, divide sua amostra em cinco estratos: idade, sexo, escolaridade, renda e ocupação. Já o Ibope divide em apenas quatro: idade, sexo, escolaridade e ramo de atividade. A partir de informações da Justiça Eleitoral e de pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), como o Censo e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), é possível conhecer o perfil do eleitor em cada cidade e estado.
Então, de acordo com o tamanho da população, do número de homens e mulheres, das principais ocupações e do grau de escolaridade daquele local, o instituto divide a amostra geograficamente. Por exemplo, se um determinado local for predominantemente agrícola, a amostra daquela região terá mais empregados da agricultura do que da indústria ou de serviços. Se no local, o perfil da população é de escolaridade mais baixa, a amostra terá mais entrevistados nessa faixa de escolaridade. E assim sucessivamente.
Estados menores têm peso menos relevante. Na pesquisa presidencial do Ibope, por exemplo, os estados do Amapá, de Roraima e de Rondônia se revezam em cada pesquisa. Já o Vox Populi faz a pesquisa em 25 unidades da Federação - Roraima e Amapá não entram porque têm menos de 1% do eleitorado, portanto um percentual inferior à margem de erro da pesquisa, que é 2 pontos percentuais.

Questionários também são utilizados

Definida a amostra, o próximo passo é preparar o questionário e abordar os entrevistados. As pesquisas são feitas nos domicílios ou na própria rua, desde que a pessoa more na zona previamente estabelecida para o trabalho. A pesquisa, em geral, é feita em dois ou três dias. Segundo Gastaldi, o difícil é encontrar pessoas que se enquadrem nos estratos pré-determinados. “O trabalho do investigador é muito difícil. É um trabalho duro. Ele tem que ter muita disposição. Os questionários são de rápida aplicação. O entrevistador demora muito mais tempo procurando as pessoas, batendo nos domicílios ou abordando as pessoas”, disse.

(DOL, com informações da Agência Brasil)

22 de set de 2014

Casal foi assassinado por Raifran

Família diz que jovem achado morto no PA não era envolvido com drogas

Jovem foi assassinado em viagem de Rurópolis para Belém.
Segundo a polícia, jovem era 'mula' de um esquema internacional.

 

 

A família de Leandro Vargas, encontrado morto em Tomé-Açú no dia 7 de setembro, contesta o envolvimento do rapaz com o tráfico de drogas. Segundo a polícia, o jovem estaria transportando cocaína da Bolívia quando foi assassinado. Rayfran das Neves, assassino confesso da missionária Dorothy Stang, é acusado de matar Leandro e Joseane Noronha, amiga do rapaz que o acompanhou de Rurópolis até Tailândia. O crime estaria ligado com outro crime ocorrido na Alça Viária, onde um casal foi alvejado.
Segundo o advogado da família, Jorge Tangerino, o rapaz não tinha conhecimento de que seu carro carregava drogas. “Nós não podemos, até o momento, afirmar com clareza que o Leandro participou desse tráfico. O que nós temos aqui até o momento é que ele foi usado pelo rapaz que morreu na Alça Viária. Tudo nos leva a crer é que essa caminhonete que o Leandro trouxe estaria trazendo drogas em suas partes internas e o Leandro, talvez sem saber, trouxe essa caminhonete”, afirmou.

O último contato de Leandro com a família foi uma mensagem de whatsapp, onde o jovem avisa que caso ele desapareça, está com Rayfran das Neves. Para polícia, a mensagem foi enviada momentos antes da execução.

Helder Barbalho escapa de entrevista ao vivo nesta segunda

 

O candidato ao Governo do Estado, Helder Barbalho (PMDB), não compareceu à entrevista agendada com o ORM News e Rádio O Liberal CBN há mais de um mês nesta segunda-feira (22). De acordo com a assessoria de Barbalho, ele precisou fazer uma viagem de urgência para trabalhos da campanha eleitoral. Leia a nota na íntegra: 

19 de set de 2014

Deputado Protógenes Queiroz investiga se Eduardo Campos sofreu atentado

Para o delegado licenciado da Polícia Federal, tragédia em Santos não foi um “acidente normal” 


Delegado licenciado da Polícia Federal, nacionalmente conhecido pela prisão do banqueiro Daniel Dantas e deputado federal pelo PCdoB desde 2010, Protógenes Queiroz divide seu tempo entre a campanha de reeleição à Câmara dos Deputados e uma outra missão: investigar a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu em um acidente aéreo em Santos, no dia 13 de agosto, quando era o candidato do PSB à Presidência da República.

Helder Barbalho acumula mais uma derrota no TRE

Arte: J. Bosco
 A Justiça Eleitoral negou ontem (18)  direito de resposta ao candidato Helder Barbalho sobre a matéria publicada pelo jornal OLIBERAL, no dia 28 de agosto, como título “Helder deixou Ananindeua com o pior saneamento do País”. O candidato tentou emplacar na Corte a tese de que este era um fato sabidamente inverídico. Porém, por ampla maioria de votos,os juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) entenderam que o gestor, apesar de ter assinado um convênio repassando responsabilidade para Companhia de Saneamento do Pará  (Cosanpa), continuava sendo o responsável pelas obras e nada fez. “A concessão atribui poderese deveres do administrador, mas não o isenta da responsabilidade de fiscalizar aquele trabalho.

17 de set de 2014

São Miguel do Guamá


 

Realiza amanha (18), a 1° Caminhada pela Paz no Trânsito. 

Saída: Baira Rio
Horario: 15h


Realização:
DEMUTRAN - Departamento Municipal de Transito.
Prefeitura Municipal de São Miguel do Guamá 


 

PT e PMDB aumentaram tarifa de energia no Pará

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), subordinada ao Ministério das Minas e Energia, comandado pelo senador Edison Lobão (PMDB-MA), foi quem autorizou o reajuste de 34,4% nas contas de energia elétrica no Pará, aumento referendado pela presidenta Dilma Rousseff, do PT, candidata à reeleição. 

Foto: Aneel

A deputada federal Elcione Barbalho (PMDB), mãe do candidato ao governo Helder Barbalho (PMDB), apareceu ontem no horário de propaganda eleitoral gratuita para tentar confundir o eleitor paraense: disse que o aumento da energia tinha sido autorizado porque a Celpa foi privatizada na administração do falecido governador Almir Gabriel, no distante ano de 1998.

16 de set de 2014

Mentiras de Dilma vai custar caro

Procurador-geral da República quer suspender programas que criticam Marina

 

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, defendeu a suspensão das propagandas veiculadas pela campanha da presidente Dilma Rousseff que criticam a proposta da adversária Marina Silva de conceder autonomia operacional ao Banco Central (BC).

Propaganda nas ruas deve seguir leis

Propaganda nas ruas deve seguir leis (Foto: Agência Brasil/Arquivo) 
 
A propaganda política  nas ruas é um direito dos candidatos e também dos leitores, já que se constitui em um importante meio de divulgação dos futuros governantes e representantes do estado e do país. A propaganda, no entanto, deve ser feita respeitando diversas leis e evitando exageros.

Como é possível ver nas ruas, é permitida a colocação de cavaletes, bonecos, cartazes, mesas para a distribuição de material de campanha e bandeiras ao longo das vias públicas, desde que móveis e que não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos. Já em árvores, jardins localizados em áreas públicas, bem como em muros, cercas  e tapumes divisórios, não é permitida a colocação de propaganda eleitoral de qualquer natureza, mesmo que não lhes cause dano.
Outra forma de propaganda eleitoral que também são proibidas, por exemplo, é o trio elétrico, que só pode ser utilizado no comício, mas não para fazer showmícios com artistas.

Para denunciar uma propaganda eleitoral irregular ou prática suspeita de crime eleitoral, ligue para o Disque-Denúncia do TRE, no telefone 0800 096 0007, ou através do email ouvidoria@tre-pa.gov.br.

(DOL, com informações do TSE)

Prefeito e ex-secretários são preso

Em operação realizada na manhã desta terça-feira (16), policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado – Pará (DRCO-PA) prenderam várias pessoas acusadas de desvio de recursos, adulteração de notas fiscais e até mesmo de criação de um grupo de extermínio em Igarapé-Miri.

Prefeito e ex-secretários são presos (Foto: WhatsApp/Diário do Pará)

Entre os detidos, estão o atual prefeito do município Ailson Santa Maria do Amaral (DEM), seus irmãos Altamir Amaral e Amilton Amaral, o ex-secretário de obras do município identificado como Rosebel e seus filhos Renato e Rafael. O ex-secretário de saúde Jeferson Mácula também está entre os envolvidos.


 
 
Policiais da DRCO ainda estão no prédio da prefeitura colhendo e vasculhando documentos. Todos os envolvidos serão transferidos para Belém para prestarem novos depoimentos.

(DOL)

Depois de tanto ataque contra Marina, numeros permanecem os mesmos

 Em pesquisa, Dilma tem 36%, Marina,27% e Aécio,15%


Em pesquisa realizada pelo Vox Populi e encomendada pela Rede Record, a candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na liderança da corrida presidencial com 36% das intenções de voto. A candidata pelo PSB, Marina Silva, possui com 27% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 15%. Na última pesquisa Vox Populi, Marina tinha 28% das intenções de voto. Os outros dois candidatos mantiveram as mesmas porcentagens.

15 de set de 2014

NEPOTISMO DE HELDER BARABALHO EM ANANINDEUA

MPF vai investigar nepotismo de Helder Barbalho


O Ministério Público Federal vai instalar procedimento investigatório para apurar as denúncias de que o ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho (PMDB), praticou o nepotismo em sua administração (2005-2012), contratando a sogra, Maria José Rodrigues Valle, e a cunhada, Renata Valle de Lima, para ministrar palestras bancadas pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência ao Trabalho (Semcat), na época comandada por sua mulher, Daniela Lima Barbalho, primeira-dama do município de Ananindeua. 

No âmbito da Prefeitura Municipal de Ananindeua, foi instaurada Tomada de Contas Especial objetivando apurar a lesão ao erário e apontar os respectivos responsáveis, cobrando judicialmente a devolução aos cofres públicos dos valores pagos irregularmente pela Semcat e pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Ananindeua a pessoas com graus de parentesco com a mulher do ex-prefeito Helder Barbalho e de diretores da Semcat e da própria chefia de gabinete do ex-prefeito. Os valores pagos irregularmente aos parentes beneficiados, segundo levantamento realizado, chegam a R$ 444.606,94, que deverão ser repostos aos cofres do município de Ananindeua devidamente corrigidos.

As denúncias de nepotismo praticado por Helder Barbalho e sua esposa Daniela Lima Barbalho na Prefeitura de Ananindeua, especificamente na Semcat, foram encaminhadas – além do Ministério Público Federal – à Controladoria Geral da União (CGU), ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao Tribunal de Contas dos Municípios do Pará e ao Ministério Público do Estado para as providências cabíveis.
Uma das maiores beneficiadas com a prática nefasta do nepotismo em Ananindeua foi outra cunhada de Helder Barbalho, Isabela Valle de Lima, também irmã da ex-titular da Semcat e ex-primeira-dama Daniela Barbalho, que foi contratada e efetivada como DAS-09 pela prefeitura de Ananindeua, recebendo irregularmente pelo período em que trabalhou na PMA mais de R$ 245 mil.


Contratada

Isabela Valle de Lima, de acordo com pesquisa realizada no Diário Oficial de Ananindeua, foi contratada para exercer o cargo comissionado DAS-09, também na Semcat, lotada no gabinete do presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Ananindeua (IPMA), recebeu pagamento irregular no valor de R$ 245.746,46.

A sogra de Helder Barbalho, Maria José Valle, recebeu R$ 2.400,00 para ministrar duas palestras sobre o tema “Direito de ser jovem e de convivência comunitária e familiar” para famílias atendidas nos CRAS Daniela Reis, Complexo Cidade Nova VI,  Estrela Ananin e Santana do Aurá, entre outros, nos meses de junho e julho de 2009.

A cunhada de Helder, Renata Valle de Lima, foi contratada pela Prefeitura de Ananindeua, por meio da Semcat, para a prestação de serviços, ministrando palestra sobre o tema “Aspectos da gravidez”, para atender ao curso de gestante na sede do CRAS. Recebeu R$ 1.200,00 nos meses de junho a agosto de 2009 e R$ 2.432,00, no mês de dezembro do mesmo ano, totalizando o pagamento irregular de R$ 6.035,00.

O total de pagamentos irregulares e beneficiários, prestadores de serviços junto à Semcat, com 1º e 2º graus de parentesco por afinidade com Helder Barbalho, e consanguíneo com a secretária da Semcat, Daniela Lima Barbalho, foi de R$ 8.435,00.

O Liberal 

 

12 de set de 2014

Casa de Gremista é incendiada

Casa de gremista do episódio de racismo contra Aranha é incendiada em Porto Alegre





A vida da gremista Patrícia Moreira da Silva está mais difícil do que ela imaginava. Depois da torcedora ser ameaçada de morte e até de estupro pelo Whatsapp e ter a sua residência apedrejada, Patrícia, que foi flagrada chamando o goleiro Aranha, do Santos, de macaco durante partida válida pela Copa do Brasil na Arena do Tricolor, teve a residência incendiada nesta sexta-feira (12). Por volta das 4h, o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local e controlou as chamas.

De acordo com informações do jornal Zero Hora, Alexandre Rossato, advogado de Patrícia, lamentou o novo ataque e o classificou como "absurdo". Um dos irmãos da gremista registrará queixa na Polícia Civil na tarde desta sexta, junto com o defensor da menina.

Ainda segundo informações do diário gaúcho, Rossato explicou que a jovem perdeu todo o contexto da vida e que já foi julgada socialmente e disse que espera que o caso se transforme em um marco contra o racismo.

R7

Em São Miguel do Guamá

PREFEITURA REALIZA I CONGRESSO PARTICIPATIVO 


Com o tema "Você participando da construção de um Guamá diferente" a Prefeitura Municipal de São Miguel do Guamá está realizando neste exato momento o Primeiro Congresso Participativo do Município, onde moradores e entidades de classe terão a oportunidade de discutir e decidir os rumos da cidade. O evento está acontecendo na casa de eventos Cacau Show (Beira Rio).

Segundo o prefeito Francisco Sá (CACAU) o evento não é apenas mais uma ferramenta de decisão como também, o comprometimento do poder público para com a população do município, pois a mesma tem todo o direito de decidir o que quer pra sua cidade e para o bem coletivo. O congresso ocorrerá até as 18 horas, com a realização de mesas de debates, oficinas e palestras, ao final um relatório será produzido com as demandas.

Venha participe!    

Selfies serão proibidos na hora de votar

Selfies serão proibidos na hora de votar (Foto: Agência Brasil/Arquivo)

O hábito de fazer selfies, isto é, as fotografias em geral feitas pela própria pessoa que é fotografada, não somente cresce no mundo como também causa discussões e polêmicas. Muitas pessoas acreditam que todo lugar é possível de servir de cenário para a produção das fotografias, até mesmo velórios.

Este ano provavelmente surgirão casos de pessoas que farão selfies durante as eleições, inclusive nas cabinas de votação. A prática, no entanto, é proibida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), uma resolução do TSE prevê a proibição de acordo com a Lei nº 9.504/97, artigo 91-A, parágrafo único: “Na cabina de votação é vedado ao eleitor portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação, ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto, devendo ficar retidos na Mesa Receptora enquanto o eleitor estiver votando”.

(DOL)

11 de set de 2014

Polícia investiga morte de jovem casal de Rurópolis

Foto: Reprodução/ blog do JK

A Polícia Civil investiga a morte de um casal de jovens, que viajava de carro de Rurópolis, no sudoeste paraense, para a capital paraense. Dois corpos foram encontrados em uma área de rio, na zona rural da cidade de Tomé-Açu, nordeste do Estado. A família já fez o reconhecimento de uma das vítimas, Leandro Kestring de Vargas, 24 anos. O Centro de Perícias Científicas de Castanhal aguarda a chegada da família para fazer o reconhecimento oficial de Joseane Noronha Santos, o que deve acontecer ainda hoje.

Segundo a polícia, os jovens Leandro Kestring de Vargas e Joseane Noronha Santos saíram de Rurópolis na sexta-feira (5), em um veículo modelo Hilux. O desaparecimento foi comunicado à polícia em Belém, que iniciou as buscas. Dois corpos com características semelhantes às do casal foram encontrados em um rio em Tomé-açú, no domingo (6).

Segundo informou o Centro de Perícias Renato Chaves, o corpo de Leandro Kestring de Vargas foi reconhecido por um tio e liberado na madrugada desta quinta-feira (11). Familiares de Joseane Santos estão sendo aguardados para fazer seu reconhecimento oficial ainda hoje, no IML de Castanhal.

O caso continua sendo investigado pela polícia. Ainda não há pistas sobre o que possa ter acontecido, nem da localização do veículo.

ORM

10 de set de 2014

Processos seletivos da Uepa inscrevem até hoje


O prazo de inscrições para os Processos Seletivos 2015 da Universidade do Estado do Pará (Uepa) termina às 23h desta quarta-feira (10). Este ano, para se inscrever, é obrigatório ter CPF. Os 14.179 candidatos que receberam a isenção parcial ou total também devem fazer a sua inscrição no mesmo período que os demais candidatos.

O Processo Seletivo (Prosel) é a modalidade de seleção destinada a candidatos que já concluíram o ensino médio, já o Programa de Ingresso Seriado (Prise) é voltado a candidatos que ainda cursam o ensino médio.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet por meio do preenchimento do formulário on-line, disponível no endereço http://www.prodepa.psi.br/uepa. No formulário, o candidato já deve fazer a opção pela língua estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês). A taxa de inscrição, de R$ 70,00 para o Prosel e de R$ 40,00 para o Prise, pode ser paga em qualquer rede bancária, casa lotérica ou rede de serviços de farmácias e postos de autoatendimento. Este ano, é necessário, no ato da inscrição, informar o número do CPF.

Este ano, a Uepa oferece 1.310 vagas para Belém e mais 1.606 para os demais municípios paraenses, totalizando 2.916 vagas, das quais 30% serão destinadas a alunos oriundos da rede pública de ensino ou bolsistas integrais em instituições particulares, localizadas no Pará. Os candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas ou como bolsistas em escolas privadas do Pará devem assinalar sua condição de cotista no momento da inscrição e comprová-la no ato da matrícula, caso seja aprovado.

(DOL)

9 de set de 2014

Lei da Ficha Limpa barra 240 candidatos nos TREs do país

 

RIO — Na primeira eleição geral sob vigência da Lei da Ficha Limpa, dados da Justiça Eleitoral e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que candidatos barrados com base na nova norma — os chamados fichas-sujas — continuam disputando livremente um mandato. Levantamento feito pela Procuradoria Geral Eleitoral, e obtido pelo GLOBO, revela que os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) barraram 240 fichas-sujas. As procuradorias regionais eleitorais em todo o Brasil tinham pedido a impugnação de 501 políticos com base na Lei da Ficha Limpa. Destes, 50 renunciaram à candidatura, após serem impugnados pelo Ministério Público Eleitoral.

Vestibular

Uepa prorroga inscrições para processos seletivos

 

 

O prazo de inscrições para os Processos Seletivos 2015 da Universidade do Estado do Pará (Uepa) foi prorrogado até as 23h do dia 10 de setembro. O período iniciou no dia 11 de agosto. Este ano, para se inscrever, é obrigatório ter CPF. Os 14.179 candidatos que receberam a isenção parcial ou total também devem fazer a sua inscrição no mesmo período que os demais candidatos.

O Processo Seletivo (Prosel) é a modalidade de seleção destinada a candidatos que já concluíram o ensino médio, já o Programa de Ingresso Seriado (Prise) é voltado a candidatos que ainda cursam o ensino médio.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet por meio do preenchimento do formulário on-line, disponível no endereço http://www.prodepa.psi.br/uepa. No formulário, o candidato já deve fazer a opção pela língua estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês). A taxa de inscrição, de R$ 70,00 para o Prosel e de R$ 40,00 para o Prise, pode ser paga em qualquer rede bancária, casa lotérica ou rede de serviços de farmácias e postos de autoatendimento. Este ano, é necessário, no ato da inscrição, informar o número do CPF.

Este ano, a Uepa oferece 1.310 vagas para Belém e mais 1.606 para os demais municípios paraenses, totalizando 2.916 vagas, das quais 30% serão destinadas a alunos oriundos da rede pública de ensino ou bolsistas integrais em instituições particulares, localizadas no Pará. Os candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas ou como bolsistas em escolas privadas do Pará devem assinalar sua condição de cotista no momento da inscrição e comprová-la no ato da matrícula, caso seja aprovado.

(Diário do Pará)

 

8 de set de 2014

Helder Barbalho é alvo de investigação judicial eleitoral

Foto: Arquivo O Liberal

O candidato da coligação “Todos pelo Pará”, Helder Barbalho, é alvo de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), que tramita na Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sob responsabilidade do desembargador Raimundo Holanda Reis. O processo pode levar à cassação do registro da candidatura de Helder Barbalho ou impedir sua eventual diplomação, assim como causar a inelegibilidade de todos os investigados, além de multa. A ação consiste em uma extensa investigação de mais de 50 páginas sobre o abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação da família Barbalho desde o ano de 2013 até os dias atuais, principalmente no sentido de promover a candidatura de Helder Barbalho ao Governo do Estado.

Produto alimentar infantil é proibido pela Anvisa

 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização do produto Alimento em Pó para Dietas com Restrição de Fenilalanina, da marca Profenil 2, lote 2P082. A validade do lote é fevereiro de 2016. O produto é indicado para crianças de 1 a 8 anos de idade.

A resolução com a determinação da Anvisa está publicada na edição de hoje (8) do Diário Oficial da União. O produto é fabricado por Dynamic Lab Indústria Farmacêutica e o detentor da marca é a empresa Edetec Indústria Alimentícia.

A decisão da Anvisa foi tomada a partir de relatório de ensaio emitido pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) que não identificou no produto a presença do aminoácido valina, apesar de constar na lista de ingredientes. Constatou também que a presença do aminoácido isoleucina está 117% acima do valor declarado no rótulo do produto. A agência registra ainda que a empresa não solicitou perícia de contrapova, sendo o resultado da análise considerado definitivo

(Agência Brasil)

Escândalo na Petrobras agita cenário eleitoral

 

Supostas denúncias feitas pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa à Polícia Federal estremeceram o cenário eleitoral, a pouco menos de um mês para o primeiro turno das eleições.

De acordo com uma reportagem publicada no sábado pela revista Veja, Costa teria citado mais de 30 nomes, entre deputados, senadores, governadores e ministros, como beneficiários de um esquema de propina envolvendo contratos da estatal.

4 de set de 2014

Mitos e verdades dos exames de laboratório

Mitos e verdades dos exames de laboratório (Foto: Carmen Helena/Diário do Pará)

Entre os contos do homem do saco, da mulher do algodão e outros contos de carochinhas, existia um verdadeiro, literalmente de carne e osso: o fura-dedo. Bastava um gritar na rua, “chegou o fura-dedo”, que as crianças desapareciam, provavelmente escondidas.

3 de set de 2014

Pela primeira vez em São Miguel do Guamá


Alunos das escolas da zona rural participam de jogos da Semana da Pátria na zona urbana.

Parabéns à todos os organizadores , já que são jogos estudantis guamaenses os alunos da zona rural tem que participar mesmo!!!

Parabéns aos alunos da escola José Ferreira Farias fizeram bonito no ultimo dia (01 de setembro) nos jogos estudantis guamaenses. 

Campeões


Terrorismo

Obama: 'O Estado Islâmico não nos intimidará, faremos justiça'


WASHINGTON — O vídeo da decapitação do jornalista americano Steven Sotloff, reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), é autêntico, informou a Casa Branca nesta quarta-feira. Durante uma visita oficial à Estônia, o presidente Barack Obama fez uma advertência àqueles que "ameaçam" os Estados Unidos:
— Nós não seremos intimidados. Seus atos terríveis apenas nos unem e aumentam a nossa vontade lutar contra esses terroristas. E aqueles que cometem o erro de prejudicar os americanos vão aprender que não vamos esquecer e que a justiça será feita.
Obama tentou definir uma estratégia dos Estados Unidos para combater o Estado Islâmico depois de sugerir na semana passada que não tinha um plano. Ele citou a formação de uma coalizão internacional, incluindo os Estados árabes, para "degradar e destruir" o grupo extremista.
— O que nós precisamos ter é certeza de que estamos organizando o mundo árabe, o Oriente Médio, o mundo muçulmano, juntamente com a comunidade internacional para isolar esse tipo de câncer.
Minutos antes, Caitlin Hayden, porta-voz da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, confirmara a veracidade das imagens:
"Os serviços de inteligência dos Estados Unidos analisaram a recente divulgação de um vídeo que mostra o cidadão americano Steven Sotloff e chegaram à conclusão de que é autêntico", disse Hayden.
Nas imagens divulgadas pelo EI, Sotloff fala com o olhar voltado para a câmera e afirma que é vítima da decisão do presidente Barack Obama de realizar ataques aéreos contra os jihadistas no Iraque.
Em seu discurso, o presidente justificou que os bombardeios tinham dado ao país a chance de começar a formar um governo inclusivo. E disse que progressos tinham sido feitos em termos de criar um governo central inclusivo, unindo xiitas, sunitas e curdos.

SOTLOFF TINHA CIDADANIA ISRAELENSE

Sotloff, de 31 anos, foi raptado nos arredores de Aleppo, no Norte da Síria, em agosto de 2013, e permaneceu desparecido até sua aparição na primeira mensagem divulgada pelo Estado Islâmico, na qual outro jornalista americano, James Foley, foi decapitado. Na gravação, o grupo extremista disse que Sotloff poderia ser a próxima vítima caso os Estados Unidos não interrompessem seus ataques contra jihadistas no Iraque.
Publicidade
O jornalista também tinha cidadania israelense, fato revelado nesta quarta-feira e que fora ocultado para evitar que sofresse represálias de seus captores.
Antes de Sotloff ser decapitado, o jornalista lê um texto endereçado a Obama:
“Obama, sua política de intervir no Iraque deveria visar a proteção de vidas e interesses americanos, então por que estou pagando com minha vida por sua interferência? Não sou um cidadão americano? Vocês gastou bilhões dos contribuintes americanos, e perdemos milhares de soldados nas nossas lutas anteriores contra o Estado Islâmico, então qual é o interesse popular em recomeçar essa guerra?”
“Lembro-me de quando você não podia ganhar uma eleição sem prometer que traria os soldados de volta do Iraque e do Afeganistão, e que fecharia Guantánamo. Aqui está você, Obama. Próximo do fim de seu mandato, sem que nada do que foi prometido tenha sido alcançado, e levando o povo americano para as labaredas”, continuou Sotloff.
“Estou de volta, Obama, e voltei por conta de sua política externa arrogante contra o Estado Islâmico, porque você continua a atacar e bombardear a represa de Mossul, apesar de nossos sérios alertas”, afirma o executor mascarado, que poderia ser “John”, o britânico visto no vídeo da execução de James Foley.
“O que você, Obama, ganhará com suas ações será a morte de outro cidadão americano. Enquanto seus mísseis continuarem a atingir nosso povo, nossas facas continuarão golpeando os pescoços de sua gente”, continua o mascarado. “Usamos essa oportunidade para avisar aos governos que entrarem nessa aliança maligna contra o Estado Islâmico que se afastem e deixem nosso povo em paz”.
O vídeo termina com o militante ameaçando matar um homem identificado como David Cawthorne Haines, de origem britânica.

SOTLOFF CONSIDERAVA A SÍRIA 'ASSUSTADORA'

Em sua conta no Twitter, Steven Sotloff se descrevia como “um filósofo de Miami”, enquanto no Facebook, o repórter citava “Lawrence da Arábia” e “O Grande Lebowski” como seus filmes favoritos. Fã do Miami Heat, ele passou a maior parte de sua vida na Flórida, e na universidade coeditou o jornal estudantil, desenvolvendo uma paixão pelo jornalismo.

— Ele era um bom amigo, companheiro e leal. Se você precisasse de algo, ele interrompia qualquer coisa para ajudar — conta Josh Polsky, colega de quarto de Sotloff na universidade.

Como freelancer, Sotloff trabalhou para as revistas “Time” e “Foreign Policy”, e para os jornais “Christina Science Monitor” e “World Affairs Journal”, e atuou como correspondente em países como Bahrain, Egito, Turquia, Líbia e Síria. Amigos afirmam que ele viveu por muitos anos no Iêmen, e falava árabe bem.

Outro colega universitário, Emerson Lotzia Jr, afirmou que Sotloff estava ciente dos riscos que o trabalho na região representava:

— Era o que ele amava fazer e ninguém conseguia pará-lo — afirmou Lotzia. — Steve disse que era um local assustador e perigoso. Não era seguro, e ele sabia. Mas ele continuava voltando.

About