17 de jul de 2014

Suspeita de roubar bebê já está no presídio

Suspeita de roubar bebê já está no presídio (Foto: Reprodução)
Andréa Rodrigues disse que só falaria "em juízo" sobre as acusações (Foto: Reprodução)
 
Foi apresentada na madrugada de ontem, na Seccional Urbana da Marambaia, a suspeita de ter sequestrado um bebê de dois meses, no bairro do Marco, na tarde do último domingo (13), em Belém. Ainda na madrugada de ontem, após prestar depoimento, ela foi conduzida para o Centro de Recuperação Feminino (CRF), no bairro do Coqueiro, em Ananindeua, onde está à disposição da Justiça. Segundo a Polícia Civil, ela foi encontrada em uma casa abandonada a pelo menos cinquenta metros da margem BR-010, mais conhecida como Belém - Brasília, em uma área de mata - poucos metros do local onde a criança foi encontrada . Em depoimento, ela não quis falar sobre o caso.

Andréa Geane Rosário Rodrigues, de 32 anos, natural do estado do Maranhão, foi ouvida pelo delegado Pery Neto, na seccional da Marambaia, mas conforme o delegado, a suspeita não quis falar sobre as acusações.

“Ela se manteve calada diante das perguntas durante o depoimento e falou apenas que só vai falar em juízo, perante o juiz que for ficar responsável pelo caso, mas ela entrou em contradição diversas vezes sobre alguns fatos. Ela nos contou que ficou dois dias escondida na mata fechada porque ficou com medo da repercussão que o desaparecimento da bebê teve na mídia, inclusive, por conta da divulgação da imagem dela na imprensa. Nós a localizamos através de denúncias anônimas e de próprios familiares dela”, disse.

Conforme o delegado, a polícia trabalha com várias linhas de investigação, não descartando a hipótese de tráfico humano. “Nós estamos seguindo algumas linhas de investigação. Há a hipótese de tráfico humano, mas acredito que neste caso tenha sido motivado por um suposto relacionamento extra conjugal dela com um homem. Segundo informações, ela é casada, mãe de dois filhos pequenos. Ainda estamos investigando a participação outras pessoas, incluindo dois homens”, falou.

O inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Polícia de São Miguel do Guamá pelo delegado Ronaldo Lopes. Ela foi indiciada por crime de sequestro, tentativa de homicídio e abandono de incapaz.

(Diário do Pará)

About