3 de jun de 2014

Todos os truques para baixar o colesterol

Todos os truques para baixar o colesterol (Foto: Reprodução) 

Ele é como uma faca de dois gumes: é essencial na produção hormonal, mas, em excesso, se transforma em risco à saúde. Certamente você já deve ter sido alertado sobre os perigos de não controlar as taxas de colesterol, esse, muitas vezes, incompreendido.

Quando os níveis estão acima do indicado, as frações da gordura ficam mais disponíveis na circulação. Entre estas frações, encontra-se o LDL, considerado como colesterol ruim. Ele se deposita na parede interna das artérias e inicia o processo de acúmulo de gorduras, levando ao entupimento das veias. Os excessos podem ser gerados por duas razões: fatores genéticos ou hábitos alimentares errados. O que acontece é que cerca de 70% do colesterol produzido vem do fígado.

Ambos os casos podem ser revertidos com alguns acertos no menu diário. Quando as calorias da dieta são ultrapassadas, o organismo passa a armazená-las para um eventual período de falta. Esse armazenamento é feito em forma de colesterol. 

Se você detectou que suas taxas de colesterol estão acima do recomendado, ou ainda, se quer evitar o aumento perigoso à saúde do coração, alguns truques precisam ser colocados em ação. Veja:

-Troque as versões integrais pelas desnatadas. A melhor opção para controlar os níveis da gordura é trocar os queijos amarelos pelos brancos, o leite e seus derivados pelas versões desnatadas, e as carnes gordas pelas magras. 

- Maneire nas carnes. O alerta é redobrado aos bifes de carne vermelha porque eles são os que apresentam uma quantidade maior de colesterol, especialmente cortes que levam mais gordura.

Controle a ingestão de biscoitos recheados. Você deve ficar de olho não só nas bolachas doces, mas em todos os produtos que levam gordura trans em sua composição. Na hora das compras, verifique a porcentagem de valor diário (%VD) no rótulo dos alimentos. Valores de %VD acima de 20 são considerados altos. Opte por aqueles que apresentam números inferiores de gorduras saturadas, trans e colesterol , dá a dica a especialista. 

Lance mão dos óleos vegetais. O óleo de canola e o azeite de oliva são bons exemplos de alimentos que você deve incluir na dieta. Já os óleos vegetais ricos em gorduras poliinsaturadas, como o de soja, girassol e milho, aumentam os níveis de HDL, considerado como bom colesterol.

- Corte as frituras da sua rotina alimentar.

- Pratique exercícios físicos regularmente.
- Procure seu médico e faça exames periódicos para controlar as taxas.

(DOL)

About