16 de out de 2013

Saúde do Homem

A estratégia fundamental adotada alicerça suas ações e metas de prevenção, promoção, tratamento e reabilitação dos agravos à saúde do homem, sobretudo nos serviços oferecidos na Rede SUS, a Política Nacional de Atenção Básica e do seu Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica.

A Política está em fase de implementação por meio de repasse de recurso financeiro fundo a fundo, em 26 estados, Distrito Federal e em diversos municípios brasileiros que deverão desenvolver estratégias e ações voltadas para a atenção à saúde do homem, inserindo-se em seus respectivos Planos de Saúde, respeitando as especificidades e as diversidades de cada localidade.
Para auxiliar os gestores estaduais e municipais nesse processo, foi criado o Plano de Ação Nacional. A série de medidas especifica nove eixos de ação com objetivos geral e específico, meta, ação, indicador e responsabilidade. São eles: 
1. Implantação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem; 
2. Promoção de saúde com foco na elaboração de estratégias para aumentar a demanda dos homens aos serviços de saúde; 
3. Informação e comunicação para sensibilizar os homens e suas famílias, estimulando o autocuidado e hábitos saudáveis, por meio de ações de informação, educação e comunicação; 
4. Participação, relações institucionais e controle social, que busca associar as ações governamentais com a sociedade civil organizada, a fim de potencializar ações voltadas para essa população; 
5. Implantação e expansão do sistema de atenção à saúde do homem, com o objetivo de fortalecer a atenção básica e melhorar o atendimento, a qualidade e resolubilidade dos serviços de saúde; 
6. Qualificação de profissionais da saúde para o desenvolvimento de estratégias em educação permanente para os trabalhadores do SUS; 
7. Avaliação dos insumos, equipamentos e recursos humanos que garantam a adequada atenção de insumos, equipamentos e recursos humanos que garantam a adequada atenção à população masculina; 
8. Sistemas de Informação com o objetivo de melhorar e qualificar as informações destinadas a essa população; 
9. Avaliação do projeto-piloto por meio de realização de estudos e pesquisas que contribuam para a melhoria das ações por meio do monitoramento da Política (Brasil, 2009).


About