26 de set de 2013

Americano pode pegar 1 ano de cadeia por 'sexo' com bote inflável

Edwin Tobergta foi flagrado pela segunda vez em 'ato sexual' com bote inflável (Foto: Divulgação/Butler County Jail)
O americano Edwin Tobergta, de 34 anos, que em julho foi preso pela segunda vez em dois anos ao ser flagrado tendo “relações sexuais” com um bote inflável em Hamilton, no estado de Ohio (EUA), pode pegar até um ano de cadeia.

Tobergta se declarou culpado da acusação durante julgamento no Tribunal do condado de Butler. A Justiça vai divulgar a sentença em novembro.
De acordo com o site “The Smoking Gun”, Tobergta “saiu pela porta dos fundos da casa sem roupas, enquanto fazia ‘sexo’ com o objeto inflável”.
Na época, ele foi acusado de crime de atentado ao pudor e levado à cadeia do condado de Butler, com fiança estabelecida em R$ 50 mil.
Tobergta é conhecido por se envolver em episódios bizarros envolvendo objetos infláveis. Em 2011, o americano roubou outro bote e foi visto por um vizinho durante o ato sexual.
Já em 2002, o suspeito foi pego fazendo sexo com uma abóbora inflável, e também foi levado para a cadeia de Butler.
G1

About