30 de set de 2013

Mais 2 mil médicos cubanos chegam ao Brasil nesta semana

De hoje (30) até o final desta semana chegam ao Brasil mais 2 mil médicos cubanos para a segunda etapa do Programa Mais Médicos. Hoje, os primeiros 135 profissionais de Cuba desembarcam em Vitória. Na próxima segunda-feira (7), os 2 mil cubanos iniciam o módulo de avaliação que tem duração de três semanas com aulas sobre língua portuguesa e o sistema brasileiro de saúde pública. As informações são do Ministério da Saúde.
Além dos 2 mil cubanos, os 149 médicos com diploma do exterior que foram selecionados para a segunda fase do Mais Médicos iniciam o módulo de avaliação no dia 7. As aulas ocorrerão no Distrito Federal, em Fortaleza, Vitória e Belo Horizonte. Na primeira fase do Programa Mais Médicos, 400 profissionais cubanos chegaram ao Brasil e passaram por curso de formação e avaliação. A previsão do Ministério da Saúde é trazer ao país, até o final do ano, 4 mil médicos cubanos. Esses profissionais vêm ao Brasil por meio de um acordo intermediado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Assim como os médicos com diploma do exterior que se inscreveram individualmente, os cubanos que vêm pelo acordo com a Opas não precisam passar pelo Revalida (Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior) e, por isso, terão registro provisório por três anos para atuar na atenção básica e com validade restrita ao local para onde forem designados.
 
(Agência Brasil)

Estudo aponta que dormir em rede faz bem à coluna

Estudo aponta que dormir em rede faz bem à coluna (Foto: Reprodução/Openphoto)
Segundo o estudo, dormir em rede pode diminuir a intensidade de dores
nas costas. (Foto: Reprodução/Openphoto)
O velho hábito paraense de tirar um cochilo na rede depois do almoço pode trazer mais benefícios que um simples descanso. Um estudo realizado pela residência de ortopedia da Universidade do Estado do Pará (Uepa) aponta que dormir em rede pode fazer bem para a coluna.
A pesquisa foi realizada com donas de casa do bairro da Vila da Barca, em Belém, com idade entre 30 e 60 anos, público que a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia considera ter o maior número de caso de dor nas costas.
Segundo o levantamento, as pacientes que estavam acostumadas a dormir em cama foram as que relataram os piores casos de dor nas costas. Já as que sentiam dores, mas passaram a dormir em rede, afirmaram ter significativas melhoras.
O estudo ainda considerou as características sociais dos entrevistados, índice de massa corporal (IMC) e o impacto das dores nas costas nas atividades diárias. Os pesquisadores agora pretendem aumentar a pesquisa para 300 entrevistados, para conseguir resultados mais consistentes.
(DOL com informações da assessoria)

Leãozinho mira as forças no Urubu



Leãozinho mira as forças no Urubu (Foto: Mário Quadros/Diário do Pará)
Depois de eliminar o grande favorito ao título da Copa do Brasil sub-20, o Vitória, as forças do Leãozinho estão concentradas para outra “casca-grossa”. Desta vez, a missão a ser vencida será diante do Flamengo, que vem a Belém disputar a primeira partida da segunda fase, nesta quarta-feira, às 20h30, no Mangueirão. Os ingressos para o jogo já estão à venda e custam R$ 10 reais a arquibancada e R$ 20 reais a cadeira cativa. Ao todo, 35 mil ingressos foram colocados à disposição na nação azulina.

27 de set de 2013

Saúde é a área com pior avaliação, mostra Ibope





A pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta sexta-feira (27) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra uma queda nas avaliações positivas do governo em oito das nove áreas avaliadas, na comparação setembro com junho. “A pesquisa feita em julho foi atípica, e não constava nela a avaliação do governo por área de atuação”, disse o economista e gerente de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca, ao destacar a influência das manifestações de junho na queda dos índices do governo. Apenas as políticas e ações na área de combate à fome e à pobreza foram aprovadas por mais da metade da população. De acordo com a pesquisa, 51% aprovam o governo nessa área, ante aos 60% registrados em junho. Segundo a pesquisa atual, 47% desaprovam essas políticas. A área com pior avaliação em setembro é a da saúde, com 77% de desaprovação e 21% de aprovação. Em junho, 66% desaprovavam as políticas nesta área e 32% aprovavam. “Na pesquisa, a população avalia a saúde hoje. Não foi perguntado se vai melhorar. Por isso não dá para considerarmos, ainda, o [efeito do Programa] Mais Médicos”, disse Fonseca. A segunda área de atuação do governo pior avaliada foi a de segurança pública, desaprovada por 74% da população e aprovada por 24%. Em junho, 67% desaprovavam e 31% aprovavam. A terceira área pior avaliada foi referente aos impostos, desaprovados por 73% da população e aprovado por 22%. “Na questão de tributos, houve algumas medidas de redução, mas pode-se trabalhar muito mais nisso. A gente não pode dizer que o governo não está tentando fazer. Medidas foram tomadas. Precisamos ver se vai ou não apresentar resultados”, avalia o economista da CNI. No quesito combate ao desemprego, foi registrada em setembro uma inversão em relação à percepção registrada na pequisa de junho. Antes, a maioria (52%) aprovava as políticas de combate ao desemprego, enquanto 45% desaprovavam. “Agora 57% desaprovam e 39% aprovam”, disse Fonseca. A desaprovação do brasileiro em relação ao combate à inflação aumentou 9 pontos percentuais, passando dos 57% registrados em junho para 68% em setembro, mas a maior variação foi a desaprovação das políticas voltadas à taxa de juros, que subiu de 54% para 71% no mesmo período. Na área da educação também foi registrado aumento na desaprovação, que passou de 51% em junho para 65% em setembro. A aprovação no quesito caiu de 47% para 33%. A pesquisa CNI-Ibope foi feita com 2.002 pessoas em 142 municípios, entre os dias 14 e 17 de setembro.

(Agência Brasil)

Prefeitura de São Miguel do Guamá paga amanhã

 

A Prefeitura Municipal de São Miguel do Guamá INFORMA que amanha estará realizando o pagamento dos proventos referente ao mês de Setembro de 2013 dos funcionários das seguintes Secretarias; Administração, Agricultura, Cultura/Desportos e Turismo, Finanças, Gabinete, Indústria e Comercio, Infraestrutura, Juventude e Promoção Social.

Festas em São Miguel do Guamá


Pela primeira vez no Sassas Bar

20 de OUTUBRO 

Org: Sidney Souza

Brasil pode enfrentar aumento de até 7°C na temperatura

Projeção é de aumento da temperatura de 0,5°C a 1,5°C no País até o final do século


A primeira parte do novo relatório do IPCC não traz projeções específicas por países – esses detalhes deverão aparecer na segunda parte, que será divulgada em abril do ano que vem –, mas dá para tirar algumas conclusões para o Brasil.

Brasil pode enfrentar aumento de até 7°C na temperatura
"Seca afeta município de Bodocó, em Pernambuco"
Os modelos climáticos que avaliam a temperatura para todo o globo apontam para uma elevação muito provável (probabilidade de mais de 90%) da temperatura em toda a América do Sul, com os valores mais altos para o sul da Amazônia. A projeção é de um aumento da temperatura média de 0,5°C (centro-sul) a 1,5°C (Norte, Nordeste e Centro-Oeste) no País até o final do século no cenário mais otimista de emissões de gases de efeito estufa; e de 3°C (sul e litoral do Nordeste) a 7°C (Amazônia) no pior cenário. Também é provável (probabilidade de mais de 66%) que ondas de calor se tornem mais frequentes na Amazônia e no Nordeste. O IPCC afirma ainda que é muito provável que o nível de precipitação vai subir na bacia do Prata e cair no Nordeste e na porção oriental da Amazônia. A tendência é a mesma apontada há pouco mais de duas semanas no 1º relatório nacional de avaliação dos impactos das mudanças climáticas no Brasil. O trabalho focado na nossa realidade foi compilado pelo Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, a versão nacional do IPCC. "Os dois estudos vão na mesma linha. Talvez não nos mesmos números porque os modelos climáticos usados diferem um pouco, mas a tendência é a mesma", comenta o pesquisador José Marengo, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), membro tanto do IPCC quanto do PBMC. Ele lembra que há dois anos o Nordeste do País tem vivenciado uma de suas piores secas da história, evento que, se levado em conta dentro de uma sequência de outros semelhantes, pode ser interpretado como um sinal de mudanças climáticas. "Só espero que os políticos considerem seriamente o que diz o relatório. Porque ele não é só um relatório, mas o estado da arte do que a ciência conhece sobre o problema. Ainda não é uma catástrofe, mas se nada for feito, as coisas podem piorar", diz. "A pior coisa que os políticos podem fazer é ignorar a ciência e ficar esperando que tragédias aconteçam."

Estadão

Cai a presidente da Santa Casa

Cai a presidente da Santa Casa (Foto: ThiagoAraújo/Arq.Diário do Pará )
Eunice Begot, ex-presidente da Santa Casa do Pará (Foto: ThiagoAraújo/Arq.Diário do Pará )

 
           Dois dias depois de o governo do Estado negar a informação de que a presidente da Fundação Santa Casa de Misericórdia, Eunice Begot, havia pedido demissão do cargo, conforme publicado pelo DIÁRIO na edição do dia 25, foi confirmado, durante coletiva de imprensa realizada ontem, na nova unidade do hospital para comunicar o início do processo de transferência dos pacientes do prédio antigo para o recém-inaugurado, que a gestora deixará o posto depois de suas férias - em outubro. Interinamente, Cinthya Pires exercerá a presidência da Santa Casa até que Ana Conceição Pessoa, presidente da Associação Paraense de Ginecologia e Obstetrícia, seja nomeada. De acordo com a Comunicação do Governo do Estado, “não houve renúncia da presidente Eunice Begot. O que há é uma transição administrativa clara, sem pressão e feita de forma gradual, já prevista e que levou em conta também uma decisão pessoal da gestora em deixar a função que ocupa há dois anos”. Durante a entrevista, ela alegou estar enfrentando um problema de saúde  grave cujo tratamento exige sua renúncia ao posto. Funcionária da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Eunice deverá retornar ao posto que ocupava antes da presidência da fundação. 

(Diário do Pará)

26 de set de 2013

Americano pode pegar 1 ano de cadeia por 'sexo' com bote inflável

Edwin Tobergta foi flagrado pela segunda vez em 'ato sexual' com bote inflável (Foto: Divulgação/Butler County Jail)
O americano Edwin Tobergta, de 34 anos, que em julho foi preso pela segunda vez em dois anos ao ser flagrado tendo “relações sexuais” com um bote inflável em Hamilton, no estado de Ohio (EUA), pode pegar até um ano de cadeia.

Tobergta se declarou culpado da acusação durante julgamento no Tribunal do condado de Butler. A Justiça vai divulgar a sentença em novembro.
De acordo com o site “The Smoking Gun”, Tobergta “saiu pela porta dos fundos da casa sem roupas, enquanto fazia ‘sexo’ com o objeto inflável”.
Na época, ele foi acusado de crime de atentado ao pudor e levado à cadeia do condado de Butler, com fiança estabelecida em R$ 50 mil.
Tobergta é conhecido por se envolver em episódios bizarros envolvendo objetos infláveis. Em 2011, o americano roubou outro bote e foi visto por um vizinho durante o ato sexual.
Já em 2002, o suspeito foi pego fazendo sexo com uma abóbora inflável, e também foi levado para a cadeia de Butler.
G1

25 de set de 2013

Conselho de Ética aprova parecer pela abertura de processo de cassação do mandato de Donadon

Brasília - O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara aprovou há pouco, por unanimidade, a abertura de processo de investigação envolvendo o deputado Natan Donadon (sem partido-RO) por quebra de decoro parlamentar. O parecer do relator, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), favorável à admissibilidade da representação contra Donadon foi aprovado pelos 13 integrantes do conselho presentes à reunião. O parlamentar será agora notificado e terá dez dias para apresentar a defesa por escrito.
A representação contra Natan Donadon foi apresentada ao Conselho de Ética pelo PSB, com o argumento de que ele foi condenado por conduta criminal de natureza gravíssima, completamente incompatível com o decoro parlamentar, “o que revela sua incompatibilidade com o exercício do mandato, pelos fatos a ele atribuídos de associar-se a outros criminosos para desviar recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia”.
Donadon foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha, sob acusação de desviar R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia à época em que era diretor financeiro da Casa. O deputado está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, desde o dia 28 de junho.
De acordo com o parecer do relator, a prisão de Donadon “afeta a imagem da Câmara, quando nas dependências externas é algemado e transportado de camburão do serviço penitenciário para o presídio da Papuda”. O relator disse ainda, em seu parecer, que “não existe nenhuma dúvida de que a existência de um parlamentar presidiário afeta de forma negativa a imagem da Câmara dos Deputados”.
Para Araújo, não se trata de rever a questão sobre a perda do mandato em razão da condenação criminal, mas “tão somente em esta Casa aferir se esse parlamentar, nas suas atuais condições [condenado e preso] reúne condições de manter o mandato parlamentar à luz do juízo da ética e do decoro”. Donadon foi absolvido pelo plenário da Câmara, quando da votação do processo de perda de mandato decretada pelo Supremo Tribunal Federal.

Edição: Aécio Amado
Agência Brasil

Cirurgiões chineses fazem crescer 'nariz' artificial na testa de paciente

Jovem teve cartilagem do nariz corroída por infecção depois de acidente. Órgão artificial será transplantado para substituir órgão original.


Paciente identificado com Xiaolian, 22 anos, é visto com 'nariz' moldado com tecido implantado na cabeça, em hospital de Fuzhou, China. Ele sofreu infecção que corroeu a cartilagem do nariz após um acidente, e se prepara para o transplante do novo órgão. (Foto: Reuters/Stringer)
Xiaolian se prepara para o transplante do novo órgão, que cresceu na sua testa a partir do implante de um expansor de tecido e com pedaço de cartilagem da costela. (Foto: Reuters/Stringer)
Cirurgiões chineses fizeram crescer um 'nariz' artificial na testa de um paciente. O 'órgão', construído com cartilagem retirada da costela do próprio paciente, será transplantado para substituir o nariz danificado por uma infecção.
Médico examina nariz de paciente, cuja cartilagem foi corroída por uma infecção não tratada. (Foto: Reuters/Stringer)
Médico examina nariz de paciente, cuja cartilagem
foi corroída por uma infecção não tratada. (Foto:
Reuters/Stringer)
O paciente Xiaolian, de 22 anos, sofreu um acidente de carro em agosto do ano passado, quando teve um trauma no nariz. Depois de vários meses, a infecção, que não foi tratada adequadamente, corroeu grande parte da cartilagem do nariz, tornando a reparação impossível para os cirurgiões. A equipe do hospital na cidade de Fuzhou, na província de Fujian, decidiu, então, construir um nariz artificial para substituir o original. Isso foi possível graças ao implante de um expansor de tecido da pele no formato de um nariz na testa de Xiaolian. Cartilagem retirada da costela do paciente também foi utilizada na construção do órgão artificial. Cirurgiões afirmam que o nariz tem um bom formato e que a cirurgia de transplante pode ser realizada em breve, segundo relatos da mídia local.
G1

PEC da Música é aprovada e vai à promulgação

Os senadores aprovaram nesta terça-feira (24), em segundo turno, a PEC da Música (PEC 123/2011), que isenta de impostos CDs e DVDs com obras musicais de autores brasileiros. A proposta foi apresentada na Câmara dos Deputados, pelo deputado Otávio Leite (PSDB-RJ).
Apesar dos argumentos da bancada do Amazonas contra a proposta – segundo eles, a desoneração fiscal da produção musical é uma ameaça à indústria fonográfica e de vídeos  instalada na Zona Franca de Manaus (ZFM) – a matéria foi aprovada sem emendas, rejeitadas pela maioria dos senadores.
Dessa forma, a PEC poderá ser promulgada pelo Congresso Nacional, sem ter que voltar para a Câmara dos Deputados. A sessão solene para a promulgação foi convocada para o dia 1º de outubro.
Votaram a favor da PEC da Música, 61 senadores; 4 contra.
Ao parabenizar os senadores, os artistas presentes e a Ministra da Cultura, Marta Suplicy, o senador Renan Calheiros enfatizou que o Senado tem priorizado a cultura.
Após proclamar o resultado, Renan Calheiros suspendeu a sessão por cinco minutos.
(Senado Federal)

24 de set de 2013

São Miguel do Guamá: Conselho de saúde recebe comissão de vereadores



           O Conselho Municipal de Saúde recebeu na tarde de hoje (24/9) a Comissão de Saúde, Higiene e Assistência Social da Câmara Municipal de Vereadores. O Conselho convidou os dois vereadores da comissão; Andrey Monteiro (PDT) e Neidinha Feitosa (PPS) para esclarecimento das atribuições da comissão permanente e as ações tomadas a respeito de algumas revindicações do Conselho Municipal de Saúde. 


Participe da próxima reunião:

Data: 01 de Outubro (terça-feira)
Local: Casa dos Conselhos (Rua:Antonio Pimentel Nº 276, Bairro: Vila Sorriso) 
Horário: 16:00 h

UFPA fala de editais do processo seletivo 2014

UFPA fala de editais do processo seletivo 2014 (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)A Universidade Federal do Pará (UFPA) informará, na manhã desta quarta-feira (25), em entrevista coletiva, sobre os editais dos processos seletivos 2014 da instituição e da recém criada Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).
Na entrevista, estarão presentes a Pró-Reitora de Ensino e Graduação (Proeg) Marlene Freitas, o professor Mauro Magalhães e a diretora do Centro de Processos Seletivos (Ceps), Marilúcia Oliveira.

Educação sexual deve começar aos 10 anos de idade

Educação sexual deve começar aos 10 anos de idade (Foto: )
A educação sexual para crianças e adolescentes é um dos temas do 21º Congresso da Associação Mundial de Saúde Sexual, que começou hoje (23) e vai até amanhã (24) em Porto Alegre. Um estudo apresentado no evento mostra que a educação sexual nas escolas brasileiras começa com alunos por volta dos 13 anos.
Para a coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da Universidade de São Paulo, Carmita Abdo, o ideal seria começar a falar sobre o assunto antes, com crianças entre 9 e 10 anos. "Muitos brasileirinhos e brasileirinhas com menos de 13 anos começam a ter relações sexuais sem saber o que é sexo protegido", ressaltou a psiquiatra, que participa do congresso.

Preso por um post: por que a legislação está mais dura com calúnias no Facebook

facebookNo recente caso ocorrido no bairro do Butantã (SP) em que as irmãs Victorazzo de 13 e 14 anos foram mortas pela própria mãe numa condição envolta em tanta complexidade que uma avaliação psquiátrica tornou-se primeiro passo, um leitor assinado como Leo Dias comentou abaixo da notícia em um grande portal: “Matem essa cachorra na cadeia”.
Há um risco muito grande nesse comportamento, normalmente desprezado ou ignorado. A internet não só não é “terra de ninguém” como pode trazer problemas sérios ao cobrar judicialmente a responsabilidade de quem fala o que quer.
“Ameaça, calúnia, difamação, injúria, são crimes ao vivo ou por meio da internet. Aliás, essa divisão – mundo real ou mundo virtual – não existe. O que quer que tenha repercussão e interesses jurídicos é passível de responsabilização, sendo que no mundo virtual existe a agravante que é a extensão do dano”, diz Gustavo Guimarães Leite, do ZRDF Advogados. “Difamar ou caluniar alguém aos gritos no meio a rua é uma coisa, fazê-lo na internet é outra, a dimensão do dano é exponencial, a quantidade de pessoas suscetíveis ao ato passa a ser muito maior, portanto a gravidade também é maior”.
Não vivemos sob um regime chinês ou mesmo iraniano, cujo acesso ao Facebook está sendo vagarosamente permitido só agora após 4 anos de bloqueio total. Temos liberdade para acessar, opinar e dar pitacos em tudo o que acreditamos ser relevante. Porém muitos passam daquilo que Obama chama de linha vermelha. “A todos é assegurado o direito à livre manifestação, é um direito constitucional. O que não significa que, ao exercê-lo, você possa ultrapassar determinados limites impostos, principalmente ofender terceiros. Configura-se ato ilícito, abuso de direito, que é passível de responsabilização”, afirma Leite.
Engana-se ainda quem acredita estar protegido caso o ataque não seja individualizado. “Antes de mais nada, é preciso haver a denúncia, que pode ser de uma pessoa (para um crime pessoal – de ação condicionada – só a vítima pode denunciar), mas pode ser movida uma ação penal através do Ministério Público, por exemplo”, continua Gustavo Leite.
Foi o risco que correu o estilista Alexandre Herchcovitch. Após participar da manifestação do dia 17 de junho, no dia seguinte seu perfil oficial do Twitter continha a seguinte frase: “Por que não acontecem manifestações no norte e nordeste? É lá que elegem os políticos corruptos do Brasil”. A repercussão foi tão negativa, inclusive entre seus seguidores, que Herchcovitch saiu-se com uma explicação ao estilo porta dos fundos, alegando que sua conta pessoal havia sido hackeada.
Cancelou a conta, mas não evitou provar da máxima “quem fala o que quer, ouve o que não quer” que a internet propicia com crueldade: “Eu sugiro que o moço vá para o Senegal, onde dimensões penianas generosas poderão aplacar eventuais desgostos políticos. Bonne chance!”, foi postado por um leitor do G1, comprovando que dois erros não fazem um acerto.
Mesma sorte não teve um advogado paranaense que, trabalhando em um escritório de São Luís do Maranhão, passou a publicar comentários em sua rede social criticando a cultura maranhense. Alegou que o Brasil não evoluiria por causa dos nordestinos e sugeriu que as regiões Norte e Nordeste sejam riscadas do mapa brasileiro, restando apenas Sul e Sudeste. A Ordem dos Advogados instaurou procedimento disciplinar contra o advogado por conduta indevida de xenofobia e ele hoje está em vias de perder seu registro para exercício da atividade.
Na selva cibernética, as empresas também são alvos frequentes e decisões judiciais estão ajudando a protegê-las dos excessos. A Justiça de Piracicaba condenou três mulheres que organizaram através do Facebook um protesto difundindo boicote à rede Habib’s, a pagarem uma indenização de R$ 100 mil (R$ 33,3 mil para cada uma) pois a iniciativa teve “o intuito de abalar a reputação” da empresa e a induzir a “sociedade a não consumir os produtos por ela fornecidos”.
O que faz pessoas julgarem um suicida como Champignon, baixista do Carlie Brown Junior, ou que defendam a extradição compulsória de nordestinos após uma reintegração de posse ocorrida no Grajaú à base de bombas de gás da polícia contra mulheres e crianças é algo que deixo para a psiquiatria explicar. Já as consequências, quem explica é a legislação. Cuidado com o que você posta. Pode sim dar cadeia. Bonne chance.
DCM

About