30 de set de 2009

Violência Urbana e Nós...

Só damos conta do tamanho da violência urbana, quando ela afeta nossos parentes e amigos, e em nossa cidade a percebemos diariamente, pois as pessoas estão próximas umas das outras e os fatos acontecem com grande intensidade. Muito já se foi pesquisado, muito já se foi falado e pouco foi resolvido diante da violência urbana de nossa cidade, sou solidário no que diz o vereador Junior Lira, quando o mesmo ressalta a importância de haver uma investigação gigantesca, envolvendo todos os órgãos especializados no assunto, mas para acrescentar a fala do vereador quero ressaltar também que pouco fazemos para curar essa doença e muito se faz para realizar um curativo/preventivo.
A idéia de dizer que policia resolve é um absurdo, e diante do caos urbano que vivemos o papel de policia se torna minúsculo perto dos fatores que geram mais violência, de Cultural a Social o problema da violência consegui envolver todos os princípios da sociedade moderna. Não começa de um pequeno problema como o individuo possuir um desvio psicológico, ou de um pequeno problema social, como a falta de área de lazer, se trata de envolvermos tudo e todos, vista que a violência é complexa quando vista com os olhos clínicos de uma vitima, que pode somar na percepção medica. Nós seres humanos desenvolvemos estranhos sentimentos e comportamentos, que diante de princípios se tornam apenas fatos e percebemos o grau de dificuldade em adentrar no assunto violência sem antes não pararmos para analisar o passado político/social de nossas antigas gerações. A séculos nos fins de anos, aprovamos nas assembléias legislativas de todos os estados um orçamento anual, plurianual e leis orçamentárias, são passos importantíssimos para reagimos contra tais complexidade como a da violência. Você já participou ativamente desta aprovação em seu estado? Você sabe o que significa essas siglas; PPA, LO, LOA, e demais leis estaduais de orçamento? Pois é, é por ai que podemos suprir as necessidades da sociedade caótica que vivemos, no entanto, a fatia que é gerada para suprir as necessidades de ações que começam na Educação e vão ate a Cultura, é pequena diante da fatia gerada para a segurança e os pagamentos dos funcionários que encharcam os cofres públicos. Quando o Brasil para seus ministros quantias exorbitantes de mais R$ 29 mil reais, podemos lembrar que um terço deste valor poderíamos bancar um aluno no ensino médio com cursos paralelos para o mesmo não se envolver em outros “mundos”.
Não que eu queira culpar esses assalariados, ou culpar esses ministros, mas temos que parar de sermos mentirosos em dizer que violência se cura com Policia, os fatos provam que isso é pura demagogia, vista que se isso fosse uma verdade, viveríamos no paraíso hoje em dia, pois vivemos em um mundo de guerras e efeitos avassaladores das mesmas. Temos que dar mais atenção para o que estamos fazendo com nossos jovens, onde queremos deixá-los, como devemos deixá-los e o que eles querem fazer, para não sermos mais uma vitima de nossas próprias criações.
Quando todos nós estivemos convictos que só a Educação salvará nossas mentes jovens, todos estaremos salvo da violência e a violência se tornará um mito da idade media.



Este texto é dedicado a memória de; Vitor Hugo Fonteles, Paulo Jose, “Ratinho”, Edivan Junior, “Boquinha”, Marquinho, Edson e demais jovens mortos por nossa incompetência de mudar.

26 de set de 2009

Senador Mario Couto

Ontem ele fez todas as criticas possiveis a Governadora "Ana Jubila"rsrsrs. Com a presença deste ilustre Senador, temos a certeza que estamos sendo defendidos por alguém neste Brasil, espero que a vontade do Mario não seja apenas em anos que antecedem as eleições, que aquelas palavras ditas ontem sejam de coraçõa e de vontade de mudar nosso estado. Parabens Senador

25 de set de 2009

Dia municipal do CERÂMISTA

Na ultima quarta feira, foi aprovada na câmara Municipal de São Miguel do Guamá, um projeto de LEI que cria o dia 21 de Agosto, como o dia "municipal dos cerâmistas" ainda com um aditivo, transformando uma semana inteira como a semana de comemoração a eles. Com tantas denuncias de desmatamentos e degradações do solo guamaense feita por esses agentes, fico triste em ver o Vereador Elias fazer um projeto desse, com tantos problemas sociais a ser resolvidos, nota 0 para o vereador.....

24 de set de 2009

Ciro e a mesmice brasileira...

Parece que o povo não esquece e sofrer, agora a pesquisa mostra o Ciro Gomes como um dos mais provaveis nomes que poderiam chegar a presidencia da republica, e Dilma empatodos tecnicamente. Desejo que nas urnas os brasileiros façam suas justiças.....

Aumentamos do Judiciario e agora queremos pra nós...

Essa foi a frase mais usada nos ultimos dias no senado federal por alguns senadores, quando perguntados sobre o aumento dos salarios do servidos do Judiciario Brasileiro que teve aumento de 8,88% no salario passando a mais de 26 mil reais. Só espero que os senadores não façam questão de aumentar seus salarios, como alguns estão fazendo, pois será a maior aberração da historia do senado Brasileiro. Alias aberração é assistir o senador Welington Salgado, PMDB falar que os salarios estão pequenos e que os senadores merecem ganhar mais, tenhamos paciencia....

22 de set de 2009

MDA, Banco do Brasil, Basa, Emater e demais entidades estivem reunidos...

Na manhã de hoje (22 de Setembro) aconteceu uma reuniao para tratar assuntos relacionados a crise que vive a agricultura de São Miguel do Guamá. Na ocasião foram apresentados aspectos negativos e positivos para o futuro da agricultura guamaense, o senhor Walter (Emater) falou da necessidade de colocarmos oficinas a disposição dos agricultores e estimular o reflorestamento local. As necessidades locais devem ser vistas como de carater emergente, pois nossos agricultores vivem momentos criticos, e neste contexto o senhor Ferro Cristo foi feliz em ressaltar que temos que inovar, parar de ficar jogando nossos agriclutores no buraco, incentivando a plantar mandiocas, depois de existirem tanta outras culturas para serem plantadas, como; Melancia, Milho e feijão. Logo depois tivemos a apresentação de uns slaides apresentando uma usina de reciclagem, apresentada pelo professor do Rio de Janeiro, o senhor Julio.

Executar o Hino, ou ensinar a respeita-lo?

A lei vai educar ou simplesmente ser EXECUTADA nas escolas, até onde será permitida o não aprendizado do Hino, o que ele significa para nossas crianças? São perguntas que deixam a gente com aquela sensação de dscontntamento, vista que inumeros são os casos de corrupção ativa neste Pais e quando se trata de amor a patria baixamos leis pra todos os lados, e deixamos de alguma forma uma sobre do amor que expressamos. Em seu 1º art, nossa CF de 1988 diz que temos a partir daquela data SOBERANIA então junto a isso temos que amar e seguir essa paixão como jogar contra a ARGENTINA e ganhar de 4 gols de diferença. Acho que não precisaria de LEI e sim tornar nossos professores amantes deste imenso pais, pagando o que eles merecem, respeitando seus objetivos e metas e dando estrutura para trabalhar melhor. Assim teriamos sim, um Brasil pais de todos!!!!

21 de set de 2009

As tres perguntas que deveriam ser feitas a Governadora.

1º QUANTO FOI DADO DE REDUÇÃO DE ICMS AOS CERÂMISTAS DE NOSSA CIDADE?

2º QUANTO FOI DESTINADO EM VERBAS PUBLICAS PARA INFRAESTRUTURA DE NOSSO MUNICIPIO PARA ALAVANCAR O TRANSPORTE DE NOSSA PRODUÇÃO PARA OS DEMAIS MUNICIPIOS?

3º QUAL PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO FOI LANÇADO PARA AJUDAR NA REDUÇÃO DE EMISSÃO DE CO² NO ESTADO?

TENHO CERTEZA QUE ELA FICARIA....AH....AHUM....AHM,.....HUM......companheiros passamos para a proxima pergunta..

19 de set de 2009

Corre a informação de que o PSOL cogita, dependendo das circunstâncias, apoiar o projeto presidencial da ex-Ministra Marina Silva, que deve concorrer ao Planalto pelo PV em 2010.
Parece que tudo vai depender de como a candidatura verde for construída na pré-campanha. Se a Senadora Marina se apresentar como terceira via, o PSOL deve estar com ela. Por outro lado, se a candidatura do PV constituir algo próximo de uma linha auxiliar do projeto presidencial tucano, o PSOL deve ficar de fora. Alegam os membros do partido que ficariam sem discurso se encaixar em um projeto desse tipo.
Enquanto isso, a candidatura de Heloísa Helena à Presidência fica em aberto. É forte a possibilidade de ela concorrer apenas ao Senado por Alagoas, deixando o caminho aberto para o seu partido apoiar o PV, se for preenchido, claro, o requisito explicado no parágrafo anterior.
A propósito, Heloísa Helena já vem elogiando Marina em suas últimas declarações: “Para mim, a Marina é uma mulher maravilhosa, uma militante de esquerda exemplar, mais do que uma companheira, é uma amiga pessoal”, disse Heloísa, acrescentando que não falava como dirigente partidária, uma vez que seu partido ainda não definiu os rumos para 2010, segundo a Folha.
Heloísa também teria, após comentar sobre Marina, dito: “Talvez eu não seja a melhor representante de um projeto de esquerda”.
Segundo a Agência EFE, Heloísa Helena expôs à cúpula do partido alguns motivos que a afastariam de disputar novamente a Presidência do País, à qual só disputaria com apoio unânime de sua legenda, e apontou que um apoio a Marina seria um assunto “para ser considerado”. Para a ex-senadora, ela e a ex-ministra têm “um perfil parecido” e isso poderia “confundir” os eleitores.
A decisão do PSOL será tomada em dezembro. Aguardaremos até lá para termos a certeza a respeito de o partido apoiar ou não Marina Silva. Mas já está posto que é uma possibilidade.

18 de set de 2009

Ana Julia e um tijolo

Ambos são retangulos pra não taxar de "quadrado"

O valor é de R$ 200,00 no maximo

É feito de Barro, pode quebrar

9x14x19 medidas pequenas perto do tamanho do estado, e pequeno diante da competencia que precisamos para governar este estado.

ambos vermelhos, um por processo natural de queima, a outra por idealismo falsario "PTista" de cor predominante vermelha.

Ambos precisam de prensa

Ambos tem oito furos

Infelizmente um não conhece o outro....

17 de set de 2009

Educação e Política

Quando esses dois termos andarem juntos e unidos pela vontade popular, muitas mazelas serão curadas e arrancadas do nosso meio, uma delas o voto inconciente, o voto de cabresto e a falta de opção. Neste ultimo a falta de opção pode ser encarada como a falta de informação da vida pregressa dos candidatos, vista que pra mim quando não temos opção o melhor seria votar em branco, ou anular nosso voto. Mas quero aqui ressaltar o valor que a educação tem diante da política, precisamos levar até nossos alunos de ensino medio a verdade sobre alguns fatos políticos que existem no meio deles, precisamos levar a materia "política" a sala de aula, temos que lutar pela inclusão no quadro curricular de nossos professores e coordenadores. Da mesma forma é o valor que a política tem na educação, seja ela indireta, ou seja ela direta, começando pela aprovação de uma lei que vá mexer com o salario do professor de escola de ensino medio, ou no orçamento de um merenda escolar, por exemplo, ai entra a importancia da política na vida dos professores e alunos.
Infelismente, o Brasil ainda vive um regime anti-democratico, nas escolas e em todo lugar, alunos não podem debater com professores algo de melhoria para o meio estudantil, professor se senti no direito de ser dono da verdade, deixando o aluno o papel de "burrinho" sem poder fazer parte da vida escolar de fato. É natural ainda vermos nas escolas publicas professores persseguindo alunos que lutam por melhorias na sala de aula, como a substituição de um professor incompetente....Continua na proxima parte...

Muitos querem, poucos tem coragem, e quem tem a prova não quer denunciar...

O pedido da CPI da KC ja ta virando uma brincadeira de mal gosto e poderá se tornar uma faca de dois gumes pra muita gente de nossa cyti. Tem alguns vereadores que ficam por detrais de pessoas "futucando" a vontade para pedir uma CPI....o problema é que quem tem as provas não tem a coragem de entrar com a denuncia e quem tem coragem de faze-la não tem apoio juridico, na câmara tem gente que vive querendo que entre esse pedido, mas poderá ferir no coração alguns parceiros. O certo é que o Ministerio Publico Federal esta tomando providencias e como nossos transitos de processos são a passos de Jabuti, ficamos a ver navios até que a morte nos separe..rsrsrsr.

11 de set de 2009

A Educação e o Pre-sal

Na última segunda-feira o Presidente Lula anunciou as regras para a exploração do petróleo e do gás natural localizado na Reserva denominada Pré-Sal. Foram enviados em caráter de urgência para o Congresso Nacional quatro Projetos de Lei.
Não tenho condições no espaço do blog de fazer uma reflexão detalhada sobre a polêmica que cerca o modelo de exploração de nossas reservas naturais, especialmente após a quebra do monopólio da exploração do petróleo feita por FHC em 1997 e que Lula não mexeu.
Concentrarei minhas observações no Projeto de Lei nº 5940, que cria o Fundo Social - FS, e dá outras providências. Hoje apenas apresento um resumo do PL.
1º. Cria o Fundo Social - FS, de natureza contábil e financeira, vinculado à Presidência da República.
2º. Sua finalidade será de constituir fonte regular de recursos para a realização de projetos e programas nas áreas de combate à pobreza e de desenvolvimento da educação, da cultura, da ciência e tecnologia e da sustentabilidade ambiental.
3º. Seus objetivos são: I - constituir poupança pública de longo prazo com base nas receitas auferidas pela União; II - oferecer fonte regular de recursos para o desenvolvimento social, na forma de projetos e programas nas áreas de combate à pobreza e de desenvolvimento da educação, da cultura, da ciência e tecnologia e da sustentabilidade ambiental; e III - mitigar as flutuações de renda e de preços na economia nacional, decorrentes das variações na renda gerada pelas atividades de produção e exploração de petróleo e de outros recursos não renováveis.
4º. Sua fonte de recursos será: I - a parcela do valor do bônus de assinatura que lhe for destinada pelos contratos de partilha de produção; II - a parcela dos royalties que cabe à União, deduzidas aquelas destinadas aos seus órgãos específicos, conforme estabelecido nos contratos de partilha de produção; III - a receita advinda da comercialização de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos da União, conforme definido em lei; IV - os resultados de aplicações financeiras sobre suas disponibilidades; e V - outros recursos que lhe sejam destinados em lei.
5º. O FS será gerido por um Conselho Deliberativo do Fundo Social - CDFS, com a atribuição de deliberar sobre a prioridade e a destinação dos recursos resgatados do FS.
6º. O referido Conselho contará com a participação de representantes da sociedade civil e da administração publica federal e terá sua composição, competência e funcionamento estabelecidos em ato do Poder Executivo.
Alguns argumentos são utilizados na Mensagem Presidencial para justificar a opção de criação de um Fundo Social. A primeira afirma que "os governos devem atuar de modo a evitar que somente a geração atual usufrua dos benefícios da exploração de recursos finitos. Para tanto, é necessário que a riqueza do petróleo seja transformada em ativo cujo usufruto possa ser estendido no tempo, mesmo depois que o petróleo tenha se esgotado". A segunda é que "os governos devem evitar que a volatilidade dos preços do petróleo se reflita nas condições de financiamento das despesas públicas, prejudicando a alocação eficiente dos recursos públicos". A terceira é que "deve-se evitar que o afluxo de uma quantidade de recursos elevada e concentrada no tempo, ao reduzir ou temporariamente eliminar as restrições ao financiamento dos gastos correntes, desestimule a busca do fortalecimento institucional e da qualidade do gasto público". Além disso, o Fundo ajudaria a "evitar que a entrada no País de grande volume de recursos em moeda estrangeira conduza a uma tendência permanente à apreciação cambial, reduzindo a competitividade dos produtos nacionais e provocando atrofia de outros setores da economia".
Amanhã expressarei minha posição sobre uma pergunta que semeia a cabeça dos educadores: este formato é a melhor forma de garantir mais recursos para a educação?
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009
II
Como todos puderam ler na postagem do dia anterior, uma das propostas enviadas pelo presidente Lula ao Congresso Nacional sobre o modelo de exploração das riquezas minerais existentes na área do pré-sal é a criação de um Fundo Social.
Pelo teor do PL 5940 este fundo gerenciaria parte dos recursos derivados da produção d petróleo e o destinaria para algumas áreas sociais. São citadas no texto "projetos e programas nas áreas de combate à pobreza e de desenvolvimento da educação, da cultura, da ciência e tecnologia e da sustentabilidade ambiental".
Não estão respondidas até o momento algumas perguntas básicas:
1. Qual a previsão de volume de recursos que o Fundo Social irá gerenciar?
2. A partir de quando estes recursos estarão efetivamente disponíveis para serem usados nas áreas listadas?
3. Com o modelo de partilha na produção, quanto ficará nos bolsos dos donos das empresas exploradoras? Quanto será repassado para estados produtores? E quanto sobrará para a área social?
4. Qual a composição do Conselho Deliberativo do Fundo Social - CDFS, já que a texto cita representação da sociedade civil, mas remete a decisão para o âmbito do executivo?
Em material distribuído para a imprensa, a Campanha Nacional pelo Direito â Educação, por meio de seu coordenador geral, Daniel Cara, opina que a forma mais segura de garantir que parte dos novos investimentos sejam de fato aplicados na educação é remetê-los diretamente ao orçamento do MEC. Ele afirma que a criação de um fundo social, gerido por um comitê gestor, é preocupante. "Por melhor que seja essa instância, não é possível garantir que os critérios de destinação do dinheiro sejam adequados. Melhor seria se o montante colaborasse com o cumprimento das metas do novo PNE (Plano Nacional de Educação) 2011- 2020" , declarou.
O representante da Campanha também levanta correta preocupação sobre a concentração de recursos apenas nos estados produtores e propõe um modelo que distribua recursos para mais estados via o aumento do valor da complementação da União para o Fundeb.
Analisando o PL 5940 é claro o risco de que o Fundo seja utilizado mais como uma ancora da política monetária do que como poupança para investimentos de recursos nas áreas sociais. Em primeiro lugar, por que nos objetivos do Fundo está explícito que uma de suas tarefas é "mitigar as flutuações de renda e de preços na economia nacional, decorrentes das variações na renda gerada pelas atividades de produção e exploração de petróleo e de outros recursos não renováveis". Esse objetivo aparece com o mesmo peso que o financiamento de projetos e programas para determinadas áreas sociais.
Outro aspecto preocupante é de que, conforme o artigo 6°, cabe ao CGFFS definir o o montante a ser, anualmente, resgatado do FS, assegurada sua sustentabilidade financeira. Ou seja, o PL não estabelece o quantitativo a ser aplicado, ficando a critério de um conselho que ninguém sabe ainda a composição e que priorizar sempre a necessidade de realizar investimentos que elevem a rentabilidade do próprio fundo.
Concordo com Daniel Cara quando afirma que a melhor forma de garantir os recursos educacionais é enviado os mesmos para o orçamento do MEC. Mas vou um pouco mais longe. É preciso estabelecer percentuais de destinação de recursos do Fundo para cada área social que consta do PL. Também é necessário que os recursos não sejam utilizados de forma centralizada pelo governo federal. Simpatizo com a idéia de que um caminho, pelo menos para a educação básica, seria a vinculação de parte dos recursos destinados a educação ao aumento da complementação da União, providência que, a depender do volume dos recursos, poderá aumentar o número de estados beneficiados pela complementação, tornando mais justa a distribuição dos recursos no Fundeb.
De toda a forma a possibilidade de alterar o PL depende diretamente da capacidade de mobilização dos trabalhadores em educação.
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009
Fonte: http://rluizaraujo.blogspot.com/

A argila e seus poderes

É normal vermos aqui em nossa cidade, cidadões vendendo seus imoveis a beira do Rio Guamá, por "migalhas" a um crâmistas e depois esse comprador fazer fortuna com um LOTE de terra. Agora pergunto a vocês, cadê nossos orgãos governamentais para orientar esses pequenos colonios para utilizar suas areas na melhor forma possivel e com isso reduzir o Exodo Rural?. Será que o valor pago a esses colonios, sustentará essa familia por muito tempo aqui em nossa sede municipal?
O mais impressionante é que esses empresarios nada fazem para reparar esse dano a sociedade guamaense, historicamente matamos nossos jovens e os enterramos por omissão da verdade e a argila ja fez suas vitimas em nossa cidade e continuará a fazer por muitos anos, enquanto perpetuar esse setor que vem alavancando a economia e matando seus trabalhadores.

10 de set de 2009

O Meio ambiente e a falta de educação

Um amigo bem informado, falou em um seminario de meio ambiente; " Macaco velho não aprende" frase que veio a cair como luva na luta pelo bem esta do meio ambiente. Governos, politicos e ambientalistas sempre falam a favor de educação ambiental, no entanto, nenhum deles batem na tecla primordial, que é a luta pelo consumismo desenfreado de nossas gerações. Quando você vai a um Supermecado, ao Shoping, compra uma caixa de leite, ou coisa parecida, esta contribuindo para a degradação do meio ambiente, seja diretamente poluindo, ou seja ajudando ao consumir embalagens desses produtos. É simples, vivemos em um mundo que um ambientalista, só toma coca cola no almoço, não que eu seja contra a Coca Cola, mas nossa geração briga contra a briga de galo, mas gosta de VALE TUDO com humanos. Nossas crianças precisam ser educadas a respeitar o meio ambiente e não aprender a comprar sacolas, precisamos lavar nossas almas e não nosso carro, tres vezes na semana.
Vou ainda mais longe com a frase do meu amigo, nós "macacos velhos", precisamos educar nossos filhos para um novo tempo, um novo planeta, uma nova visão ambiental.

5 de set de 2009

A TERCEIRA LAPADA, DO"EU" MAIS

decisao em 03/09/2009

À unanimidade, o Tribunal conhece dos embargos, rejeita-os e, por serem considerados protelatórios, aplica a multa de dois mil reais ao embargante, nos termos do voto do Relator. (Acórdão nº 22515).
decisao em 02/04/2009
À unanimidade, o Tribunal rejeita a preliminar de irregularidade do chamamento do vice-Prefeito à lide, suscitada da tribuna pelo Advogado Sábato Rossetti. Por maioria, conhece do recurso de Ariel Moraes de Castro, vencidos o Juiz Relator e o Desembargador Raimundo Holanda Reis. À unanimidade, conhece dos recursos de Vildemar Rosa Fernandes e Raimundo Monteiro de Freitas. No mérito, por maioria, nega provimento aos recursos de Vildemar Rosa Fernandes, Raimundo Monteiro de Freitas e Ariel Moraes de Castro e, em consequencia, determina o encaminhamento de cópia dos autos ao Ministério Público Estadual para ciência e adoção das medidas pertinentes, nos termos do voto do Relator. Votos divergentes dos Juízes Paulo Gomes Jussara Júnior e André Ramy Pereira Bassalo. (Acórdão nº 22377).

TSE/TRE-PA

1 de set de 2009

CAMARA DE VER"PIZZA"ADORES

Em São Miguel do Guamá a coisa ta de mal a pior. Minha vó sempre dizia um ditado; "pau que nasce torno, morre torto" e agora depois da ultima eleição tive o privilegio de anexar esse ditado a meu descontentamento com nossos politicos. Na proxima quarta feira estaremos recebendo na camara municipal de vereadores o relatorio da comissão que investiga supostos desvio nas verbas da saude de São Miguel do Guamá, porém, tenho rcbido algumas "conversas" ao pé da orelha que iremos ver "PIZZA" na casa. Os fatos são alarmantes, tinhamos 5 ambulancias funcionando em perfeito estado, hoje apenas uma é do municipio, rodando em pessimo estado e as outras são locadas, o escandalo começou quando alguns vereadores começaram a envestigar a falta de medicamentos e demais serviços que deveriam ser oferecidos pela secretaria. Alem de surgirem medicos e profissionais que recebiam, mas que nem sabiam que estavam na folha de pagamento, a funcionarios fantasmas existiam por ai. Estamos aguardando esse relatorio, só esperamos que não fique como aconteceu em Belém, onde a camara apenas dar intruções para que o prefeito não "desvie" novamente. Esperamos que nossos vereadores vistam cueca de homens façam vale os votos que eles tiveram.

About